Experis vai conduzir entrevistas motivacionais do programa de bolsas da Fundação José Neves

Cabe à empresa do grupo Manpower conduzir as entrevistas motivacionais que servem de apoio à tomada de decisão da FJN sobre os candidatos que receberão as bolsas de estudo.

A Experis foi selecionada pela Fundação José Neves (FJN) para apoiar a execução do programa de bolsas reembolsáveis ISA FJN. Estas bolsas pretendem ajudar os portugueses no acesso a curso e formações que lhes permitam adquirir novas competências, suportando a totalidade da propina e permite o seu reembolso apenas quando o estudante reunir as condições predefinidas para conseguir fazê-lo.

“Considerando os desafios que dominam a atualidade do mercado de trabalho, sabemos que o investimento na formação e na aquisição contínua de competências é cada vez mais importante para a garantia de um futuro profissional de sucesso. A Experis alia-se ao programa ISA FJN, acreditando que iniciativas inovadoras como esta são muito importantes para promover o desenvolvimento de novas competências, fazendo frente à escassez de talento em diversas áreas e setores e dotando as empresas do talento que lhes permitirá continuar a desenvolver a sua atividade com êxito”, afirma Pedro Amorim, managing director da Experis, em comunicado.

Cabe à empresa do grupo Manpower conduzir as entrevistas motivacionais que servem de apoio à tomada de decisão da FJN sobre os candidatos que receberão as bolsas. O foco é analisar a motivação e os objetivos dos candidatos em relação ao programa, bem como a sua capacidade de resiliência para superar eventuais desafios da formação em causa.

“A expertise que a Experis traz para o processo de atribuição das bolsas ISA FJN é importante para o sucesso do programa. Queremos atuar causando o maior impacto positivo possível e, para isso, é crucial que a decisão sobre a escolha dos candidatos aprovados assente num trabalho profundo de análise crítica, que descortine as reais motivações e objetivos na prossecução dos estudos”, considera Carlos Oliveira, presidente executivo da Fundação José Neves.

Carlos Oliveira, presidente executivo da Fundação José NevesRicardo Castelo

Lançado em setembro de 2020, com candidaturas abertas durante todo o ano, o programa ISA FJN da Fundação José Neves pretende promover a educação ao longo da vida, dando oportunidade a qualquer pessoa de se qualificar ou requalificar, independentemente da sua idade ou estatuto profissional.

Para isso, a FJN realiza o pagamento integral do valor da propina do curso selecionado pelo estudante, que não precisa de apresentar garantias para poder beneficiar do apoio. Esse financiamento só será reembolsado se e quando a pessoa começar a trabalhar e atingir um rendimento acima de um valor predeterminado.

O programa ISA FJN tem mais de 170 cursos elegíveis, de 32 instituições de ensino e já recebeu mais de 900 candidaturas. A tipologia de cursos varia entre mestrados, MBAs, pós-graduações, formação para executivos, cursos Vocacionais, cursos profissionais ou bootcamps, em áreas relacionadas com o digital, ciências, tecnologias, engenharias, sistemas ou tecnologias de informação, matemáticas, economia, gestão, arquitetura, design e ciências sociais.

Saiba mais aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Experis vai conduzir entrevistas motivacionais do programa de bolsas da Fundação José Neves

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião