BRANDS' ECOSEGUROS Transformação digital no setor segurador

  • ECOseguros + EY
  • 22 Julho 2021

Diogo Viana, Associate Partner EY, Consulting Financial Services, explica o impacto que a transformação digital tem na indústria seguradora nas suas diferentes dimensões.

Num contexto económico desafiante, atormentado pelos efeitos da pandemia, por baixas taxas de juro e por uma pressão significativa sobre o capital e a liquidez, são várias as opções a serem consideradas pelas seguradoras, desde restruturações a desinvestimento. No entanto, independentemente das iniciativas estratégicas a colocar em prática, o digital continua a ser uma aposta do setor.

A transformação digital tem impacto em diferentes dimensões de uma organização, apesar de por vezes ser vista como um tema meramente tecnológico. Em particular no setor segurador, onde muitas companhias são ainda marcadas por uma cultura organizacional resistente à mudança e com fracas competências digitais, a dimensão humana é claramente um aspeto fundamental a ter consideração. O processo de transformação tem necessariamente de passar pela adoção de metodologias ágeis, pela criação de equipas multidisciplinares que permitam unir o negócio à tecnologia, e pelo recrutamento de colaboradores com novas competências digitais. Em relação a este último ponto, as seguradoras devem trabalhar e tirar maior proveito do seu propósito, suportado numa preocupação corporativa e social, de forma a conseguirem atrair jovens talentos ansiosos por pertencerem a organizações inovadoras e empenhadas em causas nobres.

transformação digital

Ao nível da experiência do cliente, a transformação digital vem proporcionar às seguradoras a possibilidade de darem um salto qualitativo no relacionamento com os diferentes intervenientes, permitindo o desenvolvimento de novas jornadas digitais mais alinhadas com as expectativas do consumidor. A exploração eficiente dos dados, com a aplicação de modelos de inteligência artificial, é a chave para as seguradoras conhecerem melhor os seus clientes, entenderem as suas verdadeiras necessidades, e terem a capacidade de oferecer os produtos mais adequados em cada momento. Adicionalmente, a evolução das competências analíticas é um fator crucial para uma gestão mais eficiente do risco.

"A par do valor das comissões e da transparência no seu cálculo, a disponibilização de ferramentas digitais inovadoras é um fator decisivo para a angariação e retenção dos melhores agentes.”

Diogo Viana

Associate Partner EY, Consulting Financial Services

A transformação digital é também fundamental para melhorar a eficiência operacional da rede de distribuição, em muitos casos suportada em modelos tradicionais de venda através de agentes. É necessário continuar a investir no desenvolvimento de plataformas tecnológicas de suporte à atividade diária da rede, incorporando novas funcionalidades digitais na comercialização dos produtos, e oferecendo uma melhor experiência de utilização a agentes e mediadores. A par do valor das comissões e da transparência no seu cálculo, a disponibilização de ferramentas digitais inovadoras é um fator decisivo para a angariação e retenção dos melhores agentes.

O setor segurador continua a avançar com a transformação digital, apesar de nem todas as companhias caminharem à mesma velocidade. Para além da aposta na renovação tecnológica, criação de uma cultura agile e utilização intensa de dados, muitas seguradoras estão também a investir na exploração de ecossistemas e parcerias, capazes de trazer novas fontes de receita e experiências aos seus clientes.

Será desafiante acompanhar esta evolução num setor que, apesar de um despertar tardio, está cada vez mais digital.

Se tiver interesse, subscreva aqui as comunicações da EY Portugal (convites, newsletters, estudos, etc).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Transformação digital no setor segurador

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião