Nas notícias lá fora: Covid-19, Glovo e hidrogénio verde

  • ECO
  • 25 Agosto 2021

Um novo relatório dos EUA sobre a origem da Covid-19 revelou-se inconclusivo, e Fauci aponta o regresso à normalidade no país para a primavera de 2022. A Tailândia criou um robô que espreme vacinas.

Com a pandemia na ordem do dia há ano e meio, os serviços secretos norte-americanos entregaram um novo relatório sobre a origem da Covid-19, que se revelou inconclusivo. Também nos EUA, Anthony Fauci diz que o país pode regressar à normalidade na primavera de 2022 se a maioria da população for vacinada. Investigadores tailandeses desenvolveram um robô que espreme vacinas contra a Covid-19 da AstraZeneca. Em Espanha, a Glovo está a considerar alterar o seu modelo de entregas, enquanto a Repsol e a Enagás criaram uma empresa para produção de hidrogénio verde, que estão a abrir a novos parceiros.

The Wall Street Journal

Novo relatório dos serviços secretos dos EUA sobre origem da Covid-19 é inconclusivo

Um novo relatório dos serviços de inteligência dos EUA, entregue na terça-feira na Casa Branca, é inconclusivo acerca da forma como a pandemia começou. Segundo dois funcionários norte-americanos, a falta de conclusões definitivas sobre se a Covid-19 infetou os humanos naturalmente ou através de uma fuga de laboratório deve-se, em parte, à escassez de informação detalhada da China. O documento destaca a importância de convencer Pequim a partilhar dados como registos laboratoriais e amostras de genomas.

Leia a notícia completa no The Wall Street Journal (acesso condicionado/conteúdo em inglês).

The Guardian

Fauci diz que EUA podem regressar à normalidade na primavera de 2022

Os EUA poderão ter a pandemia de Covid-19 sob controlo e conseguir regressar à “normalidade” até à primavera do próximo ano se a “esmagadora maioria” da população for vacinada, disse o conselheiro médico chefe da Casa Branca, Authony Fauci. “Porém, não há garantias, porque depende de nós”, ressalvou, apontando que o aparecimento da variante Delta “é quase como se tivéssemos uma nova pandemia”. O país conta já com 171,1 milhões de pessoas totalmente imunizadas.

Leia a notícia completa no The Guardian (acesso livre/conteúdo em inglês).

El Economista

Glovo considera mudar o seu modelo de entregas em Espanha

A Glovo, empresa de serviço de entrega de comida, está a analisar novos modelos para operar em Espanha, face à entrada em vigor da “Lei Rider” e aos problemas e denúncias que a implementação da sua estratégia de trabalhadores independentes tem provocado. Para fazer frente aos concorrentes diretos, as mudanças ao modelo atual da startup espanhola poderão passar pela incorporação de frotas de motoristas de entregas subcontratados.

Leia a notícia completa no El Economista (acesso livre/conteúdo em espanhol).

Cinco Días

Repsol e Enagás abrem aliança de hidrogénio verde a outras empresas

A Repsol e a Enagás criaram uma empresa conjunta para acelerar a implementação industrial da sua tecnologia pioneira para a produção de hidrogénio renovável e esperam agora que outras empresas, sobretudo industriais e de engenharia, se juntem a elas. O hidrogénio verde é produzido a partir do uso direto da energia solar, num processo conhecido como fotoeletrocatálise. A companhia dos dois grupos energéticos deverá alcançar o estatuto comercial até 2030 e tem planos para instalar duas fábricas em Puertollano, uma em 2024 e outra em 2028.

Leia a notícia completa no Cinco Días (acesso livre/conteúdo em espanhol).

Reuters

Tailândia cria robô que espreme vacinas da AstraZeneca

Investigadores da Universidade de Chulalongkorn, na Tailândia, desenvolveram um sistema robótico que retira 12 doses da vacina da AstraZeneca em quatro minutos através de uma ampola. Utilizando um braço robótico, o sistema “AutoVacc” “garante com precisão” 20% extra de cada frasco de vacina em relação às dez doses padrão extraídas manualmente. Atualmente, a máquina só funciona com frascos multidose da AstraZeneca e os rótulos mostram que cada frasco pode fornecer até 12 doses.

Leia a notícia completa na Reuters (acesso condicionado/conteúdo em inglês).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nas notícias lá fora: Covid-19, Glovo e hidrogénio verde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião