BBVA mobiliza 200 mil milhões para financiamento sustentável até 2025

  • Capital Verde
  • 26 Agosto 2021

Em março o BBVA alcançou 59 mil milhões de euros em financiamento sustentável, mais de metade do compromisso inicial, o que contribuiu para que duplicasse o valor para 200 mil milhões de euros.

O banco BBVA vai mobilizar 200 mil milhões de euros em financiamentos sustentáveis até 2025. O valor agora anunciado duplica o objetivo inicial, comunicado em fevereiro de 2018, de 100 mil milhões de euros. O objetivo, garantiu o presidente do BBVA ao anunciar a nova meta, é conseguir que este tipo de financiamento mais verde chegue a mais pessoas e, além disso, fazer face aos desafios climáticos que o mundo enfrenta

“A nossa nova meta é canalizar 200 mil milhões até 2025 em financiamento sustentável, exatamente o dobro do nosso compromisso atual. Queremos contribuir para o esforço coletivo global contra as mudanças climáticas e promover um crescimento inclusivo que não deixa ninguém para trás”, afirmou, em comunicado, o presidente do BBVA, Carlos Torres Vila.

O financiamento deste tipo de operações sustentáveis ​​pelo BBVA tem crescido a um ritmo 44% acima do inicialmente previsto. Em fevereiro de 2018, o banco anunciou que pretendia canalizar 100 mil milhões de euros para combater as alterações climáticas e promover o crescimento inclusivo entre 2018 e 2025.

No entanto, a 31 de março deste ano, o BBVA alcançou 59 mil milhões de euros em financiamento sustentável, mais de metade do compromisso inicial, o que contribuiu para que duplicasse o valor a mobilizar nos próximos quatro anos.

“Desafios tão importantes como as alterações climáticas ou o combate às desigualdades representam uma tarefa árdua que nos afeta a todos como sociedade e que devemos enfrentar a um ritmo sem precedentes, mas ajudar os clientes na transição para um futuro mais sustentável também é uma grande oportunidade. Por isso, acreditamos que devemos e podemos ser mais ambiciosos, duplicando o nosso compromisso com a sustentabilidade, para ir mais longe”, destacou, no mesmo comunicado, o presidente do BBVA.

Desde 2008 até março de 2021, 77% do financiamento sustentável do BBVA foi destinado à ação climática, enquanto 23% foi dedicado ao crescimento inclusivo. As operações de banca de investimento e corporativa para grandes clientes estão na origem de 67% deste tipo de financiamento, seguida dos clientes retalhistas com 17% e das empresas com 16%.

Para atribuir este financiamento “verde” o BBVA segue as diretrizes da UE e a taxonomia europeia de finanças sustentáveis, que define as atividades que são consideradas como sustentáveis.

Além disso, o BBVA comprometeu-se já a ser neutro em emissões de carbono em 2050, não só nas suas próprias emissões (meta que diz já ter alcançado) mas também nas operações dos seus clientes. Durante este ano vai revelar o plano estratégico para atingir este objetivo.

Em março de 2021 anunciou que deixará de financiar atividades ligadas ao carvão (produção de energia elétrica a partir desta fonte fóssil, entre outras) em 2030 nas economias desenvolvidas, e em 2040 nas economias emergentes. Em contrapartida, o banco apoiará o financiamento de projetos de energia renovável e sustentável nestas geografias, por forma a incentivar a transição energética.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BBVA mobiliza 200 mil milhões para financiamento sustentável até 2025

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião