CaixaBI inicia cobertura da GreenVolt com potencial de 28%

Há mais um banco de investimento a cobrir as ações da GreenVolt. CaixaBI vê ações da empresa de renováveis valorizarem até aos 7,5 euros e dá destaque à experiência da equipa de gestão de Manso Neto.

mais uma casa de investimento a dar cobertura à GreenVolt GVOLT 0,75% . Desta vez foi o CaixaBI a iniciar o research sobre a empresa de energias renováveis liderada por Manso Neto que se estreou recentemente na bolsa e no PSI-20.

O banco de investimento atribui um preço alvo de 7,50 euros às ações da empresa de energias renováveis (em relação à cotação de 5,88 euros da passada sexta-feira), antevendo um potencial de valorização de 27,6%.

Os analistas dão especial atenção à administração da GreenVolt, que tem como CEO o ex-líder da EDP Renováveis e que poderá ser o fator de diferença para a concorrência. O título da nota de research é elucidativo: “Quando a gestão contribui para o valor”.

“Os impulsionadores do crescimento [do negócio] são a energia solar fotovoltaica e a energia eólica, enquanto a rentabilidade deverá ser suportada por uma política de rotação de ativos virada principalmente para projetos prontos para construção”, sublinha o CaixaBI. “O que acreditamos que poderia diferenciar a GreenVolt da crescente enxurrada de licitantes e desenvolvedores de projetos renováveis é sua experiente equipa de gestão”, destacam os analistas.

O banco de investimento considera que a experiência em garantir e desenvolver projetos renováveis é “chave” para aumentar os lucros. E isto num enquadramento favorável para o setor das energias limpas: os investidores estão a “fugir” dos combustíveis fósseis, o que, aliado ao ambiente de juros baixos, vai permitir aos grandes players continuar a financiar os seus projetos.

O CaixaBI não antecipa que a GreenVolt venha a distribuir dividendos nos próximos anos, pois os cash flows vão financiar o reforço da capacidade de produção de energia.

Nota: A informação apresentada tem por base a nota emitida pelo banco de investimento, não constituindo uma qualquer recomendação por parte do ECO. Para efeitos de decisão de investimento, o leitor deve procurar junto do banco de investimento a nota na íntegra e consultar o seu intermediário financeiro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CaixaBI inicia cobertura da GreenVolt com potencial de 28%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião