BCP prepara emissão de 300 milhões em dívida subordinada

Banco liderado por Miguel Maya está no mercado a preparar uma emissão de dívida subordinada no montante de 300 milhões de euros. Operação vai reforçar fundos próprios de nível 2 da instituição.

O BCP BCP 3,89% está a preparar uma emissão de 300 milhões de euros em títulos de dívida subordinada, segundo anunciou ao mercado.

O banco português mandatou o Credit Suisse, a Goldman Sachs, o JPMorgan e o Millennium BCP para organizar a operação.

Os títulos terão a maturidade de dez anos e seis meses, com possibilidade de reembolso antecipado por parte do banco uma vez decorridos cinco anos e seis meses.

“Pretende-se que a emissão venha a preencher os requisitos regulamentares necessários para ser classificada como instrumento de fundos próprios de nível 2“, adianta a instituição em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). “Dependendo das condições de mercado, o banco poderá decidir realizar a operação em breve”, acrescenta.

De acordo com o site de informação financeira IFR, o BCP tem em vista uma emissão no valor de 300 milhões de euros.

Os títulos contam com uma notação de rating de Ba1 da Moody’s, BB da S&P e Fitch e BBB(low) da DBRS.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP prepara emissão de 300 milhões em dívida subordinada

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião