5 coisas que vão marcar o dia

Central do Pego encerra esta quinta-feira. INE e Eurostat publicam estimativas da inflação em novembro. Moedas prepara abertura do maior centro de vacinação do país.

Chegou o dia de encerrar a última central elétrica a carvão de Portugal, depois do fecho da Central de Sines no início do ano. É também dia de conhecer as estimativas rápidas da inflação em Portugal e na Zona Euro, que deverá bater recordes. Conheça cinco coisas que vão marcar esta terça-feira.

Encerra última central a carvão do país

30 de novembro ficará para a História como o dia do encerramento da última central elétrica a carvão do país, a Central do Pego, em Abrantes. Na realidade, desde 21 de novembro que não se produz eletricidade em Portugal a partir do carvão, o combustível fóssil mais poluente e que gera mais emissões de CO2 e equivalentes, depois de a central ter esgotado o stock de material. Desde setembro, e até 17 de janeiro, decorre o concurso para escolher que empresa vai trabalhar na requalificação daquela central termoelétrica, ficando com o ponto de injeção na rede elétrica que ali existe.

Inflação deve bater recorde

O Eurostat publica hoje as estimativas sobre a inflação em novembro. A expectativa dos analistas é a de que a taxa anual na Zona Euro atinja um máximo histórico, fixando-se entre 4,3% e 4,5%. Desde o início da série, em 1997, a inflação só ultrapassou 4% em dois meses: julho de 2008 e outubro de 2021. O Banco Central Europeu (BCE) acredita que a inflação elevada será passageira e que os preços comecem a aliviar início do próximo ano, uma teoria que não tem convencido todos os investidores. O INE também publica hoje a estimativa rápida do índice de preços no consumidor em novembro. O indicador fixou-se em 1,83% no mês passado.

Fim do prazo para pagar IMI

Termina hoje o prazo para pagar a última prestação do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Para os proprietários em que o valor do IMI se situe entre 100 e 500 euros, foi possível liquidar o imposto em duas prestações, em maio e novembro. Já para os casos em que o imposto seja superior a 500 euros, foi possível liquidá-lo em três prestações, em maio, agosto e novembro. Os contribuintes podem pagar a última prestação até ao fim do dia.

INE mede o pulso ao mercado de trabalho

As estatísticas mensais de emprego e desemprego, referentes a outubro, estão entre os muitos indicadores económicos que o INE publica esta terça-feira. Em setembro, a taxa de desemprego em Portugal situou-se em 6,4%, um recuo de 1,6 pontos percentuais face ao mesmo mês do ano passado, mas uma subida ligeira face a agosto. A população ativa encolheu 0,2% em cadeia. A agenda do INE será preenchida: também está prevista a publicação de dados sobre a atividade turística, produção industrial, comércio a retalho e as contas nacionais trimestrais.

Moedas visita novo centro de vacinação

A pandemia está novamente nas notícias pelas piores razões — uma nova variante do coronavírus pode ser mais transmissível do que a Delta, acreditam os epidemiologistas, havendo já registo de mais de uma dezena de casos no país. Vacinar com doses de reforço é a palavra de ordem e Lisboa contará com um novo centro de vacinação a 1 de dezembro, que será o maior do país. Localiza-se no pavilhão quatro da FIL, no Parque das Nações, e será visitado esta terça-feira pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, na véspera de começar a operar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião