Portugal importou 266 milhões de euros em turbinas e painéis solares em 2020

A União Europeia importou 11,2 mil milhões de euros em turbinas eólicas, painéis solares e biodiesel e exportou apenas metade do valor. Em Portugal, o défice da balança comercial é mais acentuado.

Portugal gastou quase 266 milhões de euros na importação de produtos relacionados com energias renováveis em 2020, incluindo turbinas eólicas, painéis solares e biodiesel, a partir de países fora do espaço europeu. Os dados foram avançados esta quinta-feira pelo Eurostat.

Enquanto isso, o país exportou 22 vezes menos do que esse montante (apenas 12 milhões de euros) na mesma categoria de produtos para países fora do bloco dos 27 Estados-membros.

Em concreto, Portugal importou, sobretudo, 11 mil euros de biodiesel, 6,2 milhões de turbinas eólicas e 260 milhões de painéis fotovoltaicos. E exportou 369 euros em biodiesel, 9,2 milhões de turbinas eólicas e 2 milhões em painéis fotovoltaicos.

Já no conjunto da União Europeia (UE), o bloco gastou 11,2 mil milhões na importação de produtos relacionados com energia renováveis, incluindo turbinas eólicas, painéis solares e biodiesel, de países fora do espaço europeu.

Enquanto isso, a UE exportou apenas cerca de metade desse montante (5,8 mil milhões) na mesma categoria de produtos para países fora do bloco dos 27.

Mais especificamente, foram importados 8 mil milhões em painéis solares, 2,9 mil milhões em biodiesel e 300 milhões em turbinas eólicas de países fora da UE. O valor das importações de painéis solares e biodiesel foi muito superior ao valor correspondente das exportações da UE destes bens para países fora da UE (apenas 1,8 mil milhões e 1,6 mil milhões, respetivamente).

Em contraste, o valor das exportações de turbinas eólicas para países terceiros foi muito superior ao valor das importações (2,3 mil milhões).

Em comparação com 2015, os valores das importações de painéis solares, biodiesel e turbinas eólicas para a UE foram todos significativamente mais elevados em 2020, com aumentos de 250%, 60% e 330%, respetivamente, revela o Eurostat.

Em 2020, o valor das exportações da UE de turbinas eólicas e painéis solares caiu 1% e 40%, respetivamente, em comparação com 2015. Em contraste, o valor das exportações de biodiesel aumentou 150% em comparação com 2015.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal importou 266 milhões de euros em turbinas e painéis solares em 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião