Telepizza quer recrutar 750 pessoas para reforçar Natal

Cadeia de pizarias quer reforçar equipa e tem vagas para "distribuidores a gestores de loja ou lugares para trabalhar em escritório". Maioria das ofertas é para posições em part-time.

A Telepizza quer contratar cerca de 750 colaboradores para reforçar a época natalícia, “uma das alturas do ano em que a entrega de pizzas e o consumo no local mais cresce”. Maioria das vagas é para jovens que procurem um trabalho a tempo parcial.

A cadeia de pizarias de entregas ao domicílio quer reforçar equipa e tem vagas para “distribuidores a gestores de loja ou lugares para trabalhar em escritório”.

Na maioria das vagas, o perfil profissional procurado são “jovens entre os 18 e 30 anos, que procurem conciliar os seus estudos ou práticas universitárias com um emprego part-time, e que tenham carta de condução de motociclos ou carro para o serviço de delivery”, descreve a empresa.

“Todos os que integrarem a equipa Telepizza completarão uma formação tanto em processos de loja como em segurança rodoviária para garantir a sua segurança”, refere a cadeia de restauração.

Em Portugal, a cadeia já conta com 149 lojas espalhadas pelo país, das quais 11 foram inauguradas este ano, e cerca de 3.000 postos de trabalho. “A marca pretende continuar o seu plano estratégico de expansão, estando até ao final do ano previstas pelo menos mais uma abertura”, informa.

“É neste contexto que a empresa pretende recrutar 750 pessoas para empregos diretos e indiretos. Atualmente já soma cerca de 3.000 postos de trabalho em todo o país, um crescimento que se fez notar este ano, mas onde a marca pretende continuar a investir durante o próximo ano”, refere.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Telepizza quer recrutar 750 pessoas para reforçar Natal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião