Dense Air vendida a empresa da Alphabet e da dona da Logoplaste

Dense Air, que tem licenças 5G em Portugal, foi vendida pelo SoftBank à Sidewalk Infrastructure Partners, empresa detida pela "holding" da Google e pelo fundo que comprou a maioria da Logoplaste.

A Dense Air, que também comprou licenças para explorar o 5G em Portugal, foi adquirida aos japoneses do SoftBank por uma empresa de infraestrutura tecnológica parcialmente detida pela Alphabet, dona da Google.

Através deste acordo de venda à Sidewalk Infrastructure Partners (SIP), a Dense Air vai passar a fazer parte da CoFi, uma plataforma da SIP focada em desenvolver conectividade através de Parcerias Público-Privadas (PPP).

Num comunicado a dar conta da operação, a Dense Air, que deverá operar em Portugal uma rede grossista de 5G, explica que a aquisição vai “acelerar” a sua “missão” de fornecer soluções de 4G e 5G acessíveis para diversos “casos de uso”. Entre eles, a expansão da banda larga móvel, a internet das coisas (IoT), a segurança pública, redes de emergência e ensino remoto.

Com sede no Reino Unido, a Dense Air esteve no centro de uma polémica em torno do leilão do 5G em Portugal. A empresa herdou direitos de utilização de espetro numa faixa relevante para a quinta geração, apesar de nunca terem sido utilizados.

No âmbito dos preparativos para o lançamento do 5G em Portugal, a Anacom decidiu não extinguir esses direitos, pelo que a Dense Air já tinha licenças de 5G antes mesmo de arrancar o leilão. A decisão do regulador foi fortemente contestada pela Meo, Nos e Vodafone e chegou aos tribunais.

A empresa renovou esses direitos no leilão da Anacom, num investimento de 5,77 milhões de euros, o mais baixo entre as seis vencedoras do 5G português.

“A tecnologia única da Dense Air permite a vários operadores de rede partilhar a mesma infraestrutura com segurança, reduzindo os custos para os fornecedores de serviço e municípios, ao mesmo tempo que entrega conectividade de alta velocidade”, lê-se no comunicado, onde é salientado que estas características são “congruentes” com a infraestrutura da plataforma CoFi da SIP.

A Dense Air opera nos mercados dos EUA, Europa e Ásia-Pacífico e assume-se como a “operadora das operadoras”, por fornecer soluções às empresas de telecomunicações que vendem serviços aos consumidores finais. Ao abrigo deste negócio, a SIP e a Dense Air antecipam estar em vias de anunciar um projeto nos EUA que “envolve estabelecer parcerias com cidades para aumentar a cobertura de redes móveis e alta velocidade”.

A SIP é controlada pela Alphabet, holding da Google, e pelo Ontario Teacher’s Pension Plan, um fundo de pensões canadiano, que adquiriu este ano uma posição maioritária na empresa portuguesa Logoplaste.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dense Air vendida a empresa da Alphabet e da dona da Logoplaste

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião