EDP sobe 1% e dá luz à bolsa de Lisboa

Ações da Sonae prolongam os ganhos da semana passada, após a venda da corretora de seguros MDS por 100 milhões. Europa deixa Ómicron para trás e já ganha mais de 5% em dezembro.

A bolsa portuguesa fechou a subir pela segunda sessão consecutiva, impulsionada pelos ganhos de 1% da EDP, enquanto as ações europeias encerraram em máximos de um mês à boleia do chamado “rally do Pai Natal”.

O PSI-20, o principal índice português, avançou 0,47% para 5.560,679 pontos, prolongando os ganhos de segunda-feira. Foram 12 as cotadas que tiveram desempenhos positivos, com os CTT a liderarem os ganhos ao avançar 2,36% para 4,56 euros.

Altri, Sonae e EDP também somaram mais de 1%. No caso da holding, liderada por Cláudia Azevedo, mantém-se o bom momento do título desde a semana passada, após a venda da corretora de seguros MDS a um grupo britânico por 100 milhões de euros.

A travar uma maior valorização da bolsa lisboeta estiveram sobretudo a Mota-Engil e a Greenvolt, com quedas superiores a 1%.

Faltam agora mais três sessões para o fim do ano e até esta altura o PSI-20 acumula uma expressiva valorização de 13,5%, o melhor ano desde 2017.

Fora do índice de referência nacional, as ações da SAD do Benfica dispararam mais de 5% para 4,80 euros, no dia em que os encarnados rescindiram o contrato com Jorge Jesus.

Lá por fora, o Stoxx 600 regressou a máximos de um mês, ultrapassando já o período conturbado provocado pela incerteza da nova variante do coronavírus Ómicron. Valoriza durante este mês de dezembro mais de 5%, confirmando o “rally do Pai Natal”.

Os outros importantes índices europeus como o francês CAC-40, Ibex-35 e Dax tiveram subidas entre 0,5% e 1% na sessão desta terça-feira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP sobe 1% e dá luz à bolsa de Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião