Dinamarquesa Novo Nordisk investe 450 mil euros no novo escritório para promover a Nordisk Way

Farmacêutica renovou escritório na Quinta da Fonte para adaptar ao modelo híbrido de trabalho. Tem 65 colaboradores, dos quais 25 integraram a empresa nos últimos 12 meses.

A Novo Nordisk investiu cerca de meio milhão de euros na renovação do escritório em Portugal. A empresa dinamarquesa de cuidados de saúde quer um espaço adaptado ao “Novo Nordisk Way” — cumprindo o compromisso de sustentabilidade — e que responda ao modelo de trabalho flexível que vigora para os 65 colaboradores da farmacêutica desde a pandemia.

“A Novo Nordisk adotou um modelo híbrido, assente na confiança e focado nos resultados, que promove a flexibilidade para dar resposta às necessidades do negócio e de cada pessoa. Acreditamos que estarmos juntos no mesmo espaço representa uma enorme oportunidade para potenciar a nossa cultura, a inovação, a colaboração e para fortalecer as relações entre os colaboradores”, diz Anja Salehar, diretora-geral da Novo Nordisk Portugal, à Pessoas.

“Acreditamos que mais do que estipular dias ou percentagens de tempo no escritório, o que realmente importa é criar as condições e fomentar os momentos em que a presença física acrescenta valor, como, por exemplo, no caso das reuniões de equipas, sessões de geração de ideias, reuniões de coaching e de avaliação de desempenho, momentos de celebração, entre outros. Cabe ao gestor de cada equipa gerir o modelo de trabalho, considerando as necessidades do negócio e o contexto e necessidades de cada colaborador”, justifica ainda.

Num ano 25 novas contratações

“Acreditamos ainda, que este modelo flexível, que combina o trabalho presencial e virtual, é hoje um fator importante de atracão e retenção de talento“, argumenta.

Fundada em 1923 em Copenhaga, a Novo Nordisk é uma empresa global de cuidados de saúde, que emprega mais de 44.000 pessoas em 80 escritórios e comercializa os seus produtos em 170 países. Em Portugal, a empresa tem 65 colaboradores.

“A Novo Nordisk Portugal tem investido numa sustentável expansão da sua equipa, não só em número de profissionais mas também na aquisição de novas competências. Só nos últimos 12 meses, foram contratados 25 profissionais. Decorre agora o recrutamento de um Obesity Field Sales Manager e será iniciado em breve um novo processo de recrutamento para a função de Regulatory & Safety Manager“, adianta a diretora-geral.

Este ano a empresa lançou a segunda edição do programa “Hands On”, que “contará este ano com três fantásticos estagiários já selecionados, que integram durante os próximos 12 meses a equipa Novo Nordisk Portugal.”

Bem estar e sustentabilidade

Os novos colaboradores vão encontrar um renovado espaço na Quinta da Fonte pensado com um foco no bem estar dos colaboradores e na sustentabilidade.

“O novo escritório reflete duas grandes ambições: por um lado, a de vivermos cada vez mais o Novo Nordisk Way – o conjunto de princípios orientadores que sustentam todas as decisões que tomamos e definem a nossa cultura; por outro, a de cumprir o compromisso de sustentabilidade e implementar, em cada pequena decisão, a nossa estratégia ambiental Circular for Zero”, explica Anja Salehar, adiantando que a empresa investiu “cerca de 450 mil euros” nesta renovação.

O projeto levado a cabo pela Vector Mais — empresa portuguesa que desenvolve projetos de desenho e construção de espaços interiores de escritórios, hotéis, retalho e espaços de saúde, para clientes como a Microsoft, KPMG, Deloitte, Ritz Four Seasons, InterContinental ou Marriott — faz a ponte “entre o minimalismo nórdico e os tons quentes de Portugal”, privilegiando a “luz natural, as plantas e os materiais de qualidade”, descreve a empresa.

O espaço de trabalho contempla “três áreas que se complementam entre si: uma área de silêncio, onde o colaborador desempenha uma atividade individual e de total concentração; uma área dinâmica onde este desempenha uma atividade individual, mas com a possibilidade de interação com os colegas; e uma área de colaboração onde os utilizadores se reúnem informalmente para trabalhar em equipa”, descreve. Zonas lounge, phone booths e espaços de reunião informais estão distribuídos pelas três zonas.

“A criação de uma atmosfera estimulante e personalizada promove o bem-estar físico e mental dos utilizadores, fortalecendo os laços humanos e institucionais. Na nossa opinião, é o primeiro passo para os colaboradores adotarem, de uma forma natural, os objetivos e valores da empresa. A seu tempo irá refletir-se na produtividade, no presente faz-se sentir no empenho, na criatividade, e motivação das equipas”, refere Vera Lucena, designer de interiores da Vector Mais, citada em nota de imprensa.

“No caso da Novo Nordisk, a qualidade e a sustentabilidade foram os dois princípios orientadores de todas as decisões. A seleção de materiais e produtos foi feita de forma criteriosa, como sempre, mas ainda mais atenta. Do princípio, garantimos que a escolha recairia sobre fornecedores, nacionais e internacionais, que contassem uma história consciente de produção e esforço para alcançar uma economia circular”, refere ainda.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dinamarquesa Novo Nordisk investe 450 mil euros no novo escritório para promover a Nordisk Way

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião