Diogo Antunes assume liderança do centro de desenvolvimento da Mollie em Lisboa

O profissional vai ajudar a crescer uma equipa de engenharia diversa e inclusiva de 100 pessoas nos próximos dois anos.

Diogo Antunes, gestor sénior de engenharia da Mollie.

O português Diogo Antunes, gestor sénior de engenharia, assume a liderança do centro de desenvolvimento de Lisboa do unicórnio holandês. O profissional, na Mollie desde 2020, vai ajudar a crescer uma equipa de engenharia diversa e inclusiva de 100 pessoas nos próximos dois anos.

“Estou entusiasmado por liderar uma equipa cheia de vontade de crescer e de contribuir para que nos tornemos no fornecedor de serviços de pagamento mais desejado do mundo. Estamos à procura de engenheiros e gestores de produto que procurem um desafio na área da inovação e que queiram trabalhar numa empresa internacional que valoriza as pessoas”, afirma Diogo Antunes, citado em comunicado.

Com 19 anos de experiência na área tecnológica, a carreira do gestor sénior de engenharia da Mollie começou com uma posição de programador em PHP, seguido de consultor e, posteriormente, programador em javascript em empresas portuguesas como a PrimeIt, o Sapo e a Portugal Telecom.

Agora, um dos maiores desafios que enfrenta será trazer para o escritório da Mollie em Lisboa a certificação de “Great Place to Work”, obtida na sede em Amesterdão. Cinco meses depois de anunciar a abertura do novo centro de desenvolvimento, a equipa já conta com 13 pessoas de oito nacionalidades que estão prontos para arrancar em janeiro de 2022. Muitos destes já pertenciam à equipa da fintech e escolheram a capital portuguesa como a sua nova casa.

A nível global, a tecnológica é composta por uma equipa internacional de 700 profissionais, tem a sua sede em Amesterdão e escritórios em outras sete cidades da Europa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Diogo Antunes assume liderança do centro de desenvolvimento da Mollie em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião