Bolsa cai pela terceira sessão pressionada pela EDP Renováveis e BCP

Praça de Lisboa não foi a única praça a fechar a sessão no vermelho na Europa, com o Stoxx 600 a cair cerca de 0,8%.

A bolsa de Lisboa caiu pela terceira sessão consecutiva esta terça-feira, tendo sido pressionada sobretudo pelo mau desempenho da EDP Renováveis e do BCP. Europa também fechou em queda.

O PSI-20, o principal índice português, desvalorizou 0,30% para 5.61804 pontos, com nove cotadas a encerrarem abaixo da linha de água. Os piores registos pertenceram à EDP Renováveis, que fechou em baixa de 2,13%, e ao banco BCP, que perdeu 1,50%.

Lisboa não foi a única praça a fechar a sessão no vermelho na Europa. O Stoxx 600 caiu 0,8% e as perdas noutras importantes praças europeias como Frankfurt, Madrid e Paris situaram-se entre 0,6% e 1%.

“As bolsas europeias encerraram em baixa, castigadas pelo aumento das probabilidades dos bancos centrais subirem as taxas de juro mais cedo do que o previsto, em especial nos EUA. O reflexo é visível na subida das yields de dívida soberana e isso castigou os ativos de risco, como o mercado de ações, em especial as empresas designadas growth, que negoceiam com múltiplos mais elevados”, afirmaram os analistas da sala de mercados do BCP.

Voltando a Lisboa, ainda no setor da energia, a Greenvolt cedeu 1,31% para 6,02 euros e a EDP recuou ligeiros 0,13%, enquanto a Galp contrariou a tendência negativa para fechar com um ganho de 0,47%, no dia em que o barril de Brent superou os 87 dólares e atingiu o valor mais alto desde outubro de 2014.

As papeleiras Altri e Navigator também estiveram do lado da perdas: caíram 0,80% e 0,60%, respetivamente.

A Pharol, que tem pouco peso no índice, registou um disparo de quase 8% para 0,0879 euros. A Jerónimo Martins somou mais de 1% e fechou nos 21,43 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsa cai pela terceira sessão pressionada pela EDP Renováveis e BCP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião