Startup portuguesa Meight financia-se em 1,3 milhões de euros. Quer acelerar expansão e recrutamento

O financiamento captado vai permitir à startup acelerar a sua estratégia de expansão, bem como o processo de recrutamento, sobretudo de engenheiros de software.

A Meight fechou uma ronda de financiamento seed de 1,3 milhões de euros, liderada pela sociedade de capital de risco portuguesa Faber. O financiamento captado vai permitir à startup acelerar a sua estratégia de expansão, bem como o processo de recrutamento, sobretudo de engenheiros de software.

“Na Meight acreditamos que em cada viagem, transportadoras e motoristas podem gastar menos e usar menos recursos. A Meight traz tecnologia para uma indústria antiga que carece de recursos e know-how para entrar na nova era digital. Os motoristas profissionais não vão desaparecer, a condução autónoma não é a resposta para uma indústria complexa, pelo que precisamos de encontrar alternativas para impulsionar um dos mais fascinantes, e com maior impacto, contribuintes para o comércio mundial”, afirma Luís Mendes, CEO da Meight, em comunicado.

António Reis, cofundador e CTO da Meight, e Luís Mendes, cofundaor e CEO da Meight.

O financiamento captado vai permitir à Meight acelerar a sua estratégia de expansão, com enfoque especial na Alemanha, e prosseguir o processo de recrutamento para continuar o desenvolvimento da infraestrutura de dados, revela a empresa, sem avançar o número de contratações. Os profissionais procurados são, sobretudo, engenheiros de software.

Além da Faber, a ronda contou com a participação da holding familiar Lusiaves SGPS, da sociedade de capital de risco alemã Superlyst, do European Institute of Innovation and Technology (EIT) e de um sindicato estratégico de business angels, como Ryan Petersen, os fundadores da Unbabel e a sociedade de capital de risco Dispatch Ventures.

Criada em 2018, a Meight criou uma plataforma de inteligência artificial que é capaz de prever, monitorizar e gerir as operações de terreno, do transporte de mercadorias, nomeadamente a gestão de consumo de combustível e de todas as tarefas de trabalho.

Com a tecnologia da startup é possível recolher dados sobre a condução, em todos os percursos a nível mundial, que permitirão criar padrões ideais de condução para aquele veículo, percurso e condutor, comunicando-os ao condutor em tempo real, com a antecedência necessária para que este efetue as manobras sugeridas.

Atualmente, a Meight conta com 20 milhões de quilómetros “percorridos” e pode ser utilizada por 75% das marcas de camiões na Europa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Startup portuguesa Meight financia-se em 1,3 milhões de euros. Quer acelerar expansão e recrutamento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião