Miranda cria equipa de trabalho focada na sustentabilidade e ESG

A ESGimpact+ Team tem como objetivo o desenvolvimento integrado das áreas de ESG e o impacto em toda a Miranda Alliance. A equipa é composta por 11 advogados.

A sociedade de advogados Miranda & Associados criou uma equipa de trabalho multidisciplinar e multijurisdicional focada no campo da sustentabilidade e ESG (environmental, social, governance), a ESGimpact+. O objetivo é o desenvolvimento integrado das áreas de ESG e o impacto em toda a Miranda Alliance.

“As preocupações com ESG estão, desde há vários anos e de forma crescente, na base de um cada vez maior número de decisões de negócios e investimento“, referiu Susana Pinto Coelho, sócia e responsável pela ESGimpact+ Team da Miranda.

A equipa é atualmente composta por 11 advogados com competências diferenciadas em áreas de prática distintas, incluindo em direito do ambiente, societário, bancário e financeiro: Susana Pinto Coelho, Archa Dutta, Catarina Santinha, Filipa Morais de Almeida, Hortência Machiana, José Diogo Sampaio, Luísa Moreira, Nuria Brinkmann, Suheil Salem, Reinaldo Ferreira e Vasco Grilate Ferreira.

Os membros da equipa estão distribuídos entre Lisboa, Luanda, Maputo e Libreville e terão duas frentes de atuação complementares: centralizarão a prestação de serviços em matérias de ESG e impacto em todas as 16 jurisdições da rede Miranda Alliance, e farão o acompanhamento, em conjunto com as equipas de Corporate Social Responsibility e Compliance, da implementação da estratégia interna de ESG na Miranda e na Miranda Alliance.

“Hoje, a sustentabilidade, as questões sociais e a governação deixaram de ser apenas temas mediaticamente apelativos, tendo-se tornado aspetos críticos do processo decisório dos clientes, das escolhas dos consumidores e das políticas públicas. Tomar posição, reagir e, na medida do possível, intervir são antes de mais imperativos éticos e morais, mas hoje são também obrigações ao abrigo dos critérios ESG e para mitigação de risco, sob pena de pesadas sanções financeiras e, talvez mais importante ainda, reputacionais”, acrescentou Susana Pinto Coelho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Miranda cria equipa de trabalho focada na sustentabilidade e ESG

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião