Procura por crédito à habitação vai continuar a subir apesar do travão do BdP

Empréstimos da casa têm regras mais apertadas desde o início do mês. Mesmo assim, os bancos antecipam que a procura por crédito para a compra de habituação vai continuar a subir este trimestre.

Os bancos esperam que a procura por crédito para a compra de casa por parte das famílias continue a subir nos próximos três meses, isto apesar do travão colocado pelo Banco de Portugal às maturidades dos novos empréstimos à habitação.

Espera-se um “ligeiro aumento da procura de empréstimos para habitação” durante o segundo trimestre, mostra o inquérito sobre o mercado de crédito divulgado esta terça-feira pelo Banco de Portugal.

A 1 de abril entrou em vigor a nova recomendação do Banco de Portugal quanto às maturidades dos empréstimos da casa. Quem tem mais de 30 anos viu os prazos máximos dos contratos caírem de 40 anos para 35 anos (para os clientes com mais de 35 anos) e para 37 anos (para os clientes com idade superior a 30 anos e inferior ou igual a 35 anos), no que se traduzirá num aumento dos encargos com a compra de casa.

Apesar do travão do regulador, o setor diz que não espera alterações nos critérios de concessão de crédito às famílias, devendo manter a política seguida até aqui.

As instituições financeiras também esperam que a procura por crédito ao consumo continue a aumentar nos próximos meses, como já aconteceu no trimestre anterior à boleia da maior confiança dos consumidores, sinalizam.

Em relação às empresas, apesar de admitirem que vão apertar “ligeiramente” os critérios de concessão de financiamentos às pequenas e médias empresas, os bancos antecipam um aumento da procura de empréstimos de curto prazo sobretudo por este segmento empresarial

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Procura por crédito à habitação vai continuar a subir apesar do travão do BdP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião