Miranda promove 11 advogados

A Miranda acaba de anunciar a promoção de onze dos seus advogados associados, enquadrando-se no plano de carreira dos associados e na política de aposta em novas gerações.

A Miranda & Associados acaba de anunciar a promoção de onze dos seus advogados associados. Estas promoções estão alinhadas com a estratégia de crescimento orgânico da firma, enquadrando-se no plano de carreira dos associados e na política de aposta em novas gerações.

O advogado Ricardo Saraiva foi promovido à categoria de Associado Principal. Integra a Miranda desde 2015 e conta com mais de 10 anos de experiência nas áreas de Contencioso; Arbitragem, Construção e Contratos de Empreitada, incluindo no modelo FIDIC. É licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, pós-graduado em International Business Law pela Queen Mary School of Law, University of London e, entre outras qualificações, possui um Minor em Ciência Política pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Por sua vez, foram promovidas a Associadas Sénior sete advogadas que integram diferentes Áreas de Prática e Grupos de Jurisdição da Miranda.

Ana Luísa Especial, conta com mais de 10 anos de experiência e integra o escritório do Porto da Miranda desde 2019. Desde então a sua prática tem-se centrado nas áreas de Contencioso, Comercial, Insolvência e Recuperação de Empresas e Laboral. É licenciada e possui um mestrado em ‘Ciências Jurídico- Empresariais’ pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, e ainda uma pós-graduação em ‘Direito do Desporto’ pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

Catarina Campelo, que integra a Miranda desde 2019, conta com cerca de 10 anos de experiência e integra as áreas de prática do Direito Imobiliário e Direito Comercial; Societário. Integra ainda o Grupo de Jurisdição de Cabo Verde. É licenciada pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto, e tem um mestrado em ‘Ciências Jurídico-Empresariais’ e uma pós graduação em ‘Direito Imobiliário’ pela Faculdade de Direito da Universidade e Lisboa.

A advogada Diana Bernardino tem cerca de 15 anos de experiência, integrando a área de prática de Contencioso & Arbitragem desde 2017. Desde então a sua prática tem-se centrado essencialmente nas áreas de contencioso civil e comercial e insolvência e reestruturação de empresas. Licenciou-se pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, tem um mestrado em ‘Direito das Empresas’ e uma pós-graduação em ‘Direito Bancário, da Bolsa e dos Seguros’ pela mesma Universidade, e ainda um mestrado em ‘Direito e Gestão’ pela Nova School of Business and Economics.

Joana Graça Moura integrou a Miranda em 2016 e a sua atividade nos últimos cinco anos tem-se focado nas áreas do Direito Fiscal e Compliance. A advogada é licenciada em Direito pela Faculdade de Direito daUniversidade Católica de Lisboa, tendo participado em diversos cursos de formação pontual, designadamente de ‘Compliance’ pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas e ‘Contabilidade e Análise de Balanços’ pelo Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Empresarial.

Susana Tenentinho tem mais de 10 anos de experiência, integrando a área de prática de Comercial, Societário e Projetos desde 2018. A sua atividade na Miranda tem-se centrado em matérias de comercial e societário, contratos em geral, investimento estrangeiro, fusões e aquisições e parcerias público-privadas e project finance. É licenciada em Direito e pós-graduada em ‘Contratação Pública’ pela Faculdade de Direito da Universidade Católica de Lisboa, tendo frequência nas pós-graduações de ‘Sociedades Comerciais’ e ‘Sociedades Abertas e de Mercado’ pela mesma Universidade.

A advogada Tânia Santos integrou a Miranda em 2016, no escritório do Porto, e conta com cerca de 8 anos de experiência nas áreas de direito público e administrativo e do contencioso e arbitragem. Tem focado a sua prática em áreas relacionadas com o setor da construção e da contratação pública e grande parte da sua atividade é dedicada à assessoria de Clientes em concursos públicos e na sua representação em processos arbitrais e judiciais, em matérias de empreitada, concessões e transportes. É licenciada e tem um mestrado em ‘Direito Administrativo’, com dissertação sobre Contratação Pública, pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto, tendo ainda frequentado o Curso de pós-graduação em ‘Contratação Pública’, no Centro de Estudos de Direito Público e Regulação.

Tereza Garcia André iniciou a sua carreira profissional na Miranda em 2012, tendo desempenhado funções na sucursal da Miranda em Timor-Leste no período 2015-2018. Atualmente conta com 10 anos de experiência e sua atividade abrange matérias de comercial & contratos, societário, investimento estrangeiro,laboral e regulatório, com foco nas indústrias do petróleo e gás, mineração e turismo. Integra ainda o Grupo de Jurisdição de Timor-Leste. É licenciada em Direito e tem um LL.M em Law in an European and Global Context pela Faculdade de Direito da Universidade Católica de Lisboa, possuindo ainda um LL.M em Commercial Law pelo King’s College London, com especial ênfase nas áreas de Direito do Investimento e Arbitragem.

Foram também promovidos à categoria de Associado três advogados que integram diferentes áreas de prática da Miranda, nos escritórios de Lisboa e Porto.

Hortência Machiana, que integra a Miranda desde 2013, a qual centra a sua atividade nas áreas do direito comercial; societário, contratos em geral, investimento estrangeiro e regulatório, com foco nas jurisdições de Portugal e Moçambique. Integra o Grupo de Jurisdição de Moçambique. É licenciada e tem um mestrado em ‘Mercado de Capitais’ pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Joana Martins Ramos integra a Miranda desde 2019, no escritório do Porto, e conta com cerca de 6 anos de experiência nas áreas do direito laboral e contencioso. A advogada é licenciada pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, tendo frequentado as pós-graduações de “Divórcio” pelo Centro de Direito da Família da Universidade de Coimbra e de “Direito do Trabalho”, ministrada pelo IDET. Participou, ainda, em diversos cursos de formação pontual, designadamente, ‘Curso Intensivo de Tanatologia’, ‘Curso de Práticas Processuais Laborais I’ e o ‘Curso de especialização em Direito do Desporto’.

Ricardo Cordeiro dos Santos exerce a sua atividade no escritório do Porto da Miranda desde 2020, a qual está centrada nas áreas de comercial e societário, fusões e aquisições, contratos e imobiliário. É licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade Católica do Porto e pós-graduado em ‘Direito das Empresas’ pelo IDET, tendo ainda frequentado a pós-graduação em ‘Direito das Sociedades Comerciais’ da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa e a pós-graduação em ‘M&A e Corporate Litigation’ da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.

De acordo com Diogo Xavier da Cunha, Managing Partner do escritório, “Ficamos sempre muito satisfeitos quando temos a possibilidade de promover as nossas advogadas e advogados dando passos certos e seguros no reconhecimento do mérito dos nossos profissionais. É com especial gosto que anunciamos, após um ano particularmente desafiante, a promoção deste leque de excelentes profissionais.”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Miranda promove 11 advogados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião