Petróleo em alta após subida dos preços na Arábia Saudita

Brent prolonga a subida da semana passada, encarecendo 0,60%, para 120,44 dólares por barril. Arábia Saudita anunciou subida significativa dos preços em julho.

Os preços do petróleo continuam a subir no arranque da semana, prolongando o avanço da semana anterior. O Brent soma 0,60% e atinge 120,44 dólares por barril, enquanto o norte-americano WTI valoriza 0,56%, para 119,53 dólares, de acordo com dados da Refinitiv.

Foi na segunda-feira passada que os líderes europeus alcançaram um acordo para banir as exportações de petróleo russo, de forma parcial, para castigar Moscovo pela invasão da Ucrânia, o que puxou pelos preços da matéria-prima. As importações via oleoduto estão temporariamente excluídas desse pacote de sanções.

A subida desta segunda-feira é justificada pela decisão da Arábia Saudita de subir significativamente os preços a que venderá os seus barris em julho, o que é um indicador do quão escassa está a oferta de petróleo a nível internacional mesmo depois de a OPEP+, o cartel alargado, ter chegado a acordo para acelerar a produção nos próximos dois meses, com mais 648 mil barris a serem produzidos por dia.

Evolução do preço do Brent:

Com os Estados Unidos a consumirem mais petróleo por causa da driving season, e a China a reabrir a sua economia após confinamentos por causa da Covid-19, os analistas têm sérias dúvidas de que a subida da produção por parte dos países da OPEP+ seja suficiente para satisfazer a procura que se verifica atualmente. Acresce que vários países do cartel, nomeadamente a Rússia, não têm capacidade para aumentar a sua produção.

Ainda que este aumento [da produção] seja seriamente necessário, fica aquém das expectativas do crescimento da procura, especialmente quando se tem em conta a proibição parcial da União Europeia nas importações de petróleo da Rússia”, afirma o analista do Commonwealth Bank, Vivek Dhar.

A subida dos preços do petróleo castiga os rendimentos das famílias, sobretudo por via do aumento dos preços dos combustíveis rodoviários. Esta segunda-feira, o gasóleo e a gasolina devem subir cerca de 11 cêntimos nas gasolineiras portuguesas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Petróleo em alta após subida dos preços na Arábia Saudita

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião