Hoje nas notícias: Fisco, aeroporto e baixas médicas

  • ECO
  • 24 Junho 2022

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Das manifestações de fortuna à localização do novo aeroporto de Lisboa, passando pelas baixas médicas e até aos efeitos da inflação na vida dos portugueses, conheças as notícias que estão a marcar o dia.

Fisco aperta cerco a manifestações de fortuna

O Fisco vai apertar o controlo sobre as manifestações de fortuna e acréscimos de património não justificados para detetar rendimentos que não tenham sido declarados pelos contribuintes. De acordo com o Plano Nacional de Atividades da Inspeção Tributária e Aduaneira (PNAITA) para 2022, na mira das Finanças vão estar, por exemplo, casas e carros de luxo, mas será também reforçado o controlo da dedução de prejuízos fiscais e dos benefícios fiscais, assim como esquemas de planeamento fiscal abusivo.

Leia a notícia completa no Jornal Económico (acesso pago)

PSD e Governo têm de entender-se sobre aeroporto, diz Moedas

O presidente da Câmara de Lisboa afirma que é importante que a capital tenha um novo aeroporto, independentemente da localização escolhida. “Seja Montijo, seja Alcochete, Lisboa precisa de um novo aeroporto”, diz Carlos Moedas, afirmando que a localização “deveria ser uma escolha técnica e de toda a governação”. O autarca acredita que é possível fazer uma “triangulação de escolhas entre o Governo, o novo líder do PSD e o presidente da câmara”, mas que “a decisão tem de ser técnica”.

Leia a entrevista completa no Expresso (acesso pago)

Número de baixas ultrapassa os dois milhões nos primeiros cinco meses do ano

Foram atribuídos mais de dois milhões de prestações de doença nos primeiros cinco meses do ano, um número que representa um aumento de 82% face ao mesmo período de 2021 (1.104222). Em termos absolutos, são mais 912.626 baixas por doença do que as atribuídas de janeiro a maio do ano passado. Os dados do Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) do Ministério do Trabalho indicam ainda que o número de baixas médicas em 2022 tem sido sempre superior aos registos de 2021, mas nesta altura do ano já se registaram mais do dobro do que nos mesmos cinco meses de 2021.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado)

Subida de preços obriga dois terços do portugueses a cortar na alimentação

Uma sondagem da Aximage mostra que quase dois terços dos portugueses foram obrigados a mudar de hábitos por causa da fatura dos combustíveis e que dois terços cortaram mesmo na alimentação, reduzindo ou eliminando certos produtos. É na ida ao supermercado (39%) e nos combustíveis (39%) que o aumento do custo de vida mais se está a fazer sentir. E nestes tempos de crise, 46% dos inquiridos consideram que a resposta que tem sido dada pelo Governo é “má”, enquanto apenas 14% consideram ser “boa”.

Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso pago)

“Temos de ser uma potência marítima daqui a dez anos”, diz Tiago Pitta e Cunha

O administrador executivo da Fundação Oceano Azul considera que “o oceano vai ser muito mais importante para a humanidade no século XXI do que foi no século XX” e que, “para Portugal”, isso “são ótimas notícias”. Tiago Pitta e Cunha afirma que o país deve “traçar a ambição” de ser “uma potência marítima daqui a dez anos”, assim como é atualmente a Noruega, “ao abrigo deste novo paradigma do capital natural, de conservação do oceano e da utilização da energia dos transportes e da alimentação como pedras fundamentais no desenvolvimento da economia portuguesa”.

Leia a entrevista completa no Diário de Notícias (acesso pago)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Fisco, aeroporto e baixas médicas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião