“Há um problema complicadíssimo nos aeroportos”, diz Marcelo

Em visita ao Brasil, o Presidente da República mostrou preocupação com os constrangimentos nos voos um pouco por toda a Europa e também nos Estados Unidos.

Marcelo Rebelo de Sousa está preocupado com os problemas nos aeroportos europeus. Em visita de Estado ao Brasil, o Presidente da República lamentou que não haja soluções no curto prazo para os cancelamentos de voos, que também estão a afetar Portugal.

“Infelizmente, depois da pandemia, as entidades gestoras dos aeroportos ainda não conseguiram encontrar uma solução para o ritmo de subida que está a existir e que não era esperado“, referiu o chefe de Estado em declarações transmitidas pela RTP3.

Salientando que os aeroportos estão a passar por um “problema complicadíssimo“, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou mesmo que houve um familiar “que veio de um país europeu e passou pela mesma situação”.

As declarações do Presidente da República surgem na tarde em que a presidente executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, informou os passageiros que as dificuldades das companhias aéreas e do handling nos aeroportos que têm provocado atrasos e mesmo o cancelamento de voos vão persistir nas próximas semanas.

O fim de semana foi marcado por vários cancelamentos, inclusive de voos da TAP. Os problemas foram agudizados na sexta-feira pelo rebentamento de um pneu de uma aeronave no Aeroporto Humberto Delgado, que obrigou a encerrar a pista durante algumas horas.

A falta de pessoal no handling em vários aeroportos e algumas greves também têm contribuído para os constrangimentos. No caso da companhia aérea portuguesa, a operação também tem sido penalizada pelo absentismo entre os tripulantes, que ronda os 20%, segundo apurou o ECO.

Problema semelhante tem sido sentido, por exemplo, pela parceira alemã da TAP na aliança Star Alliance. Na semana passada, a Lufthansa foi obrigada a pedir desculpa aos passageiros pelos problemas causados nas últimas semanas, com a supressão de um total de 3.100 ligações.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Há um problema complicadíssimo nos aeroportos”, diz Marcelo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião