Hoje nas notícias: Salários, Santana Lopes e PRR

  • ECO
  • 6 Julho 2022

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Portugal foi o país europeu em que a carga fiscal sobre os salários mais baixos mais subiu nos últimos dez anos. Conheça esta e outras notícias em destaque esta quarta-feira.

Carga fiscal portuguesa sobre salários baixos foi a que mais subiu na UE

A carga fiscal sobre os salários mais baixos em Portugal foi a que mais aumentou nos últimos dez anos na União Europeia (UE), até 2021, segundo o estudo Taxation trends in the European Union. No documento, a Comissão Europeia assinala que são apenas oito os Estados-membros onde se verificou uma redução anual de impostos para trabalhadores com baixos rendimentos.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Inflação pode absorver parte dos 1.634 milhões de euros do PRR

A inflação elevada pode absorver uma parte dos 1.634 milhões de euros adicionais do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) a fundo perdido, por causa dos elevados custos. Essas verbas adicionais poderão ser usadas para o reforço de alguns dos investimentos já contratualizados, admitiu o presidente da Estrutura de Missão Recuperar Portugal, Fernando Alfaiate, no Parlamento, numa altura em que a escalada dos preços está a pôr em causa os orçamentos previstos.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso livre).

Montenegro convida Santana Lopes a voltar ao PSD

O novo presidente do PSD, Luís Montenegro, terá convidado o antigo líder Pedro Santana Lopes para voltar ao partido. O ex-primeiro-ministro é atualmente presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, depois de deixar o partido Aliança, que fundou em 2018. Segundo o Observador, Santana não fechou completamente a porta a um regresso ao PSD, mas tal não acontecerá para já.

Leia a notícia completa no Observador (acesso pago).

Governo financia a 100% requalificação das 458 escolas

O acordo entre o Governo e a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), no âmbito do processo de descentralização na Saúde e na Educação, ainda não foi fechado, mas o Governo terá cedido na maioria das reivindicações dos autarcas. O Executivo admite agora dedicar uma maior parcela para as manutenções, refeições e transporte escolar, bem como encargos com funcionários, estando o Governo a assumir despesas como seguros de acidentes de trabalho, e substituição de funcionários, com este grupo de medidas a estender-se à área da Saúde. Desta forma, as 458 escolas a requalificar serão financiadas a 100%.

Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso pago).

Chineses e japoneses afastados da maior compra de comboios para a CP

Os chineses da CRRC Tangshan e os japoneses da Hitachi tinham participado no concurso para a maior compra de comboios de sempre para a CP, mas foram afastados do negócio. Do lado da CRRC, a documentação não permitiu determinar se a certificação emitida respeita os critérios e requisitos da União Europeia. Já a Hitachi “não apresentou qualquer informação ou documentação na sequência do primeiro relatório final”, segundo o relatório do concurso.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Salários, Santana Lopes e PRR

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião