João Pedro Matos Fernandes integra Instituto de Conhecimento da Abreu Advogados

A partir de setembro, o Instituto de Conhecimento da Abreu Advogados contará com o ex-ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, como senior advisor para as áreas da energia e ambiente.

O Instituto de Conhecimento integrou João Pedro Matos Fernandes como senior advisor para as áreas da energia e ambiente. O objetivo do Instituto é investigar e promover o conhecimento em temas que marcam a atualidade como o ESG e a transição energética.

Segundo explicou o escritório em comunicado, Matos Fernandes iniciará funções em setembro. A contratação faz parte da “estratégia de crescimento do Instituto de Conhecimento para as áreas-chave da economia na atualidade”, através da integração de “especialistas altamente reputados” que irão liderar polos temáticos de investigação.

“Esta integração é um marco na história do Instituto que vê, assim, reforçada a sua capacidade e relevância numa das áreas de maior importância na atualidade. João Pedro Matos Fernandes tem um curriculum ímpar e um vasto conhecimento e experiência na investigação e na docência, com um percurso reconhecido. Estamos muito entusiasmados com esta integração e com o que ela representa, pelo impacto que queremos ter nestes temas, através da partilha de conhecimento”, referiu Luís Barreto Xavier, presidente do Instituto de Conhecimento da Abreu Advogados.

Já Inês Sequeira Mendes, managing partner da Abreu Advogados, sublinhou que o Instituto de Conhecimento é um polo fundamental para o escritório e, sendo uma entidade autónoma e com uma missão muito clara de prosseguir a inovação e a investigação, assegura que todos os stakeholders estão permanentemente atualizados. “João Pedro Matos Fernandes tem uma experiência e conhecimento práticos únicos numa área de charneira que é estratégica para nós e para os nossos clientes, pelo que é um reforço muito importante no Instituto de Conhecimento”, acrescenta.

“O Instituto de Conhecimento da Abreu Advogados é um projeto relevante no panorama nacional, com académicos e especialistas de diferentes áreas e nacionalidades que se juntam para, com a sua experiência, contribuir para gerar novo conhecimento em áreas que preocupam as empresas e os cidadãos, como são o ESG e esta nova forma de organização das empresas. Há muito tempo que conheço o Instituto e a sua abertura à inovação, com a qual me identifico. O foco no futuro e a aposta em áreas pioneiras que estão ou vão impactar a economia foram fatores críticos para aceitar este convite. A transformação energética e o ESG são áreas-chave, às quais me tenho dedicado, e é para mim uma grande honra poder contribuir para gerar conhecimento e informação“, explicou João Pedro Matos Fernandes.

João Pedro Matos Fernandes é licenciado em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 1991 e Mestre em Transportes, pelo Instituto Superior Técnico, em Lisboa, em 1995. Do seu largo percurso, destaque para a função de Ministro do Ambiente, no XXI Governo Constitucional, até outubro de 2018, sendo posteriormente Ministro do Ambiente e da Transição Energética.

Entre outras relevantes posições, trabalhou na Comissão de Coordenação da Região Norte (Ordenamento do Território), tendo sido o coordenador do setor dos transportes e foi Adjunto do Secretário de Estado dos Recursos Naturais, entre 1995 e 1997, e Chefe de Gabinete do Secretário de Estado Adjunto da Ministra do Ambiente entre 1997-99. Foi Administrador da Quarternaire Portugal e realizou consultoria para o Desenvolvimento, SA, entre 1999 e 2005. Na área da gestão portuária, foi Vogal do Conselho da Administração dos Portos do Douro e Leixões e Presidente do Conselho de Administração da Administração dos Portos do Douro e Leixões. Foi ainda Presidente do Conselho de Administração da Administração do Porto de Viana do Castelo e Presidente da Associação dos Portos Portugueses.

Na área da docência, destaque para o trabalho realizado no Instituto Superior Técnico (Infraestruturas) e do Instituto Superior de Transportes (Impactos Energéticos e Ambientais dos Transportes). Lecionou como convidado em mestrados nas Universidades do Porto, Técnica de Lisboa e de Nápoles. Entre 2012 e 2013 foi assessor do Conselho de Administração das empresas Terminais do Norte e Portos do Norte (Grupo Manica), assumindo funções de gestão do Porto de Nacala, em Moçambique. Foi Presidente do Conselho de Administração da Águas do Porto de 2014 a 2015.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

João Pedro Matos Fernandes integra Instituto de Conhecimento da Abreu Advogados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião