CRS Advogados contrata duas advogadas associadas

Susana Christina Vickers vai reforçar o escritório do Algarve da CRS Advogados e Manuela Morgado Bule o escritório de Lisboa.

A CRS Advogados reforçou a sua equipa com a integração de duas novas associadas: Susana Christina Vickers e Manuela Morgado Bule. As advogadas vão reforçar os escritórios do Algarve e de Lisboa, respetivamente.

Susana Christina Vickers possui uma vasta experiência nas áreas de Imobiliário e Imigração e transita da ABV Advogados. Realizou o estágio no Centro de Arbitragem Comercial, durante o qual acompanhou alguns processos de arbitragem. Foi ainda estagiária no Ministério dos Negócios Estrangeiros. Formou-se em Direito na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa onde concluiu o mestrado em Direito Forense e Arbitragem.

Por sua vez, Manuela Morgado Bule formou-se na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e tem Pós-Graduação em Direito Penal Económico e Europeu. Transita dos CTT – Correios de Portugal como advogada com enfoque nas áreas de Contencioso Civil, Penal e Laboral, Imobiliário, Insolvência, Direito Comercial, Direito Fiscal e Administrativo e Direito de Consumo. Foi também advogada nas sociedades Martins Alfaro, Rui Teixeira & Advogados e F. Castelo Branco & Associados. Fez os estágios na PLMJ – Sociedade de Advogados A.M. Pereira, Sáragga Leal, Oliveira Martins, Júdice e Associados.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CRS Advogados contrata duas advogadas associadas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião