“Cada sócio da SRS vai ser desafiado a testar as suas capacidades de liderança”, diz Pedro Rebelo de Sousapremium

Pedro Rebelo de Sousa fala pela primeira vez abertamente sobre o que não resultou com a integração do escritório AAA e da transição geracional de que o escritório irá presenciar no prazo de dois anos.

Pedro Rebelo de Sousa, managing partnere fundador da SRS Advogados, tem aconselhado clientes nacionais e internacionais em operações de grande relevoem questões de direito financeiro e acompanhado reestruturações e transações de M&A. Numa entrevista exclusiva à Advocatus, fala pela primeira vez abertamente sobre o que não resultou com a integração do escritório de Gabriela Rodrigues Martins e Dulce Franco (AAA)e da transição geracional de que o escritório irá presenciar no prazo de dois anos. “O futuro não sou eu”, diz o advogado com mais de 40 anos de experiência. Faz ainda uma avaliação da situação na Ucrânia e do que serão as prioridades do novo Governo. Admite admirar a Vieira de Almeida, PLMJ e Morais Leitão e assume que a SRS – que prepara agora um rebranding– não baixou a

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos