O raio perfeito para o melhor talentopremium

Limitar a base de talento a um raio de distância dos escritórios é uma desvantagem competitiva na procura das melhores pessoas, considera o CEO e cofundador da Airbnb.

Muitos processos começam com uma pergunta. "Para onde é que o mundo está a ir?" Foi esta questão que conduziu, meses depois, a uma das maiores mudanças na forma, ou melhor, no sítio de onde a Airbnb trabalha. Fundada em 2007 quando os primeiros dois hostsreceberam três hóspedes na sua casa de São Francisco, a Airbnb agrega atualmente a oferta de cerca de quatro milhões de hostse mais de mil milhões de hóspedes acolhidos em 220 países e regiões do mundo. Esta semana, a empresa anunciou que vai permitir a todos os seus trabalhadores escolherem como e de onde trabalham e, para isso, decidiu facilitar parcerias com destinos e governos -- de Chicago a Tulsa, passando por Málaga aos Alpes franceses e a Buenos Aires --, para os ajudar a atrair mais trabalhadores remotos. Numa mensagem

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos