Hollywood dá uma ajuda económica no crescimento britânico

Reino Unido cresceu mais do que o esperado no terceiro trimestre, num sinal de resiliência da economia após votação do Brexit. Os filmes Jason Bourne e Star Trek ajudaram.

Pode a produção cinematográfica de Hollywood ajudar uma economia a crescer? Sim. E, no caso do Reino Unido, filmes como o Jason Bourne e o Star Trek Beyond até tiveram um papel bastante relevante depois de os britânicos terem decidido a favor da saída da União Europeia em junho.

A economia britânica expandiu-se 0,5% no terceiro trimestre, um crescimento que superou os 0,3% esperados pelos economistas sondados pela Bloomberg, ainda que represente um abrandamento face aos 0,7% registados no trimestre anterior. O setor dos serviços foi um dos que mais impulsionou a atividade económica naquele período, crescendo 0,8% entre julho e setembro, num desempenho positivamente influenciado pelas receitas de cinema com filmes que estrearam no verão, incluindo o Jason Bourne e o Star Trek e que ofuscou as quebras no setor da construção e produção.

“Há poucos indícios de um efeito pronunciado no rescaldo do referendo”, referiu Joe Grice, economista-chefe do gabinete de estatísticas britânico.

A expansão económica registada nos três meses até setembro sinaliza o 15º trimestre consecutivo de crescimento no Reino Unido e deixa uma forte sugestão no mercado de que o Bank of England (BoE) não voltará a cortar as taxas de juros na próxima reunião de política monetária. Mark Carney, governador do BoE, tinha dito que era possível uma nova descida nos juros face a um eventual ‘hard’ Brexit.

Economia britânica resistiu ao referendo do Brexit

Fonte: Bloomberg (Valores em percentagem)
Fonte: Bloomberg (PIB em cadeia a preços de mercado, valores em percentagem)

Ainda assim, os economistas antecipam que o efeito do Brexit poderá levar mais tempo até que tenha impacto na economia, prevendo um crescimento de apenas 1% no próximo ano, metade do crescimento que o Reino Unido vai observar este ano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hollywood dá uma ajuda económica no crescimento britânico

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião