Facebook ajudou Trump? Mark Zuckerberg discorda

Mark Zuckerberg considerou "completamente louca" a ideia de que a partilha de notícias falsas no Facebook influenciou as eleições norte-americanas. Reconhece, no entanto, que há melhorias a fazer.

Donald Trump venceu as eleições. Mas, agora, alguns analistas defendem que as redes sociais, nomeadamente o Facebook, influenciaram o resultado nesse sentido. A justificação é que 44% dos norte-americanos adultos consomem notícias através do site. E, como qualquer pessoa partilha o que quer, houve notícias falsas a circularem durante a campanha.

As acusações salientadas pela Bloomberg mereceram resposta de Mark Zuckerberg, criador do Facebook. O presidente executivo, numa conferência de tecnologia na Califórnia, disse que o Facebook “influenciar as eleições para qualquer um dos lados é uma ideia completamente louca”. No entanto, Zuckerberg reconheceu que ainda há melhorias a fazer no feed de notícias, embora as notícias falas sejam só uma pequena parte do conteúdo partilhado.

De acordo com a Bloomberg, circularam diversas notícias falsas no Facebook durante a campanha eleitoral. Uma delas afirmava mesmo que membros da família de Hillary Clinton teriam cometido um homicídio, algo que, apesar de falso, foi viral. O Facebook também respondeu oficialmente às acusações, dizendo que a rede social é apenas “uma de muitas formas que as pessoas usam para consumir informação”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Facebook ajudou Trump? Mark Zuckerberg discorda

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião