Black Friday é sinónimo de promoções. Mas quais?

  • Rita Atalaia
  • 23 Novembro 2016

A Black Friday é sinónimo de campanhas de descontos. Há promoções em tecnologia, viagens, brinquedos ou calçado. Fique a conhecer alguns dos descontos que pode aproveitar.

Poupança parece ser novamente a palavra de ordem na hora de fazer compras de Natal. O saco das compras de Natal do consumidor português médio vai valer 211 euros, com o presente mais caro a custar 53 euros e o mais barato a custar 26. Pelo menos é o que preveem os consumidores inquiridos pelo Observador Cetelem. E qual a melhor forma de poupar? Aproveitar as promoções. Há um dia que vem mesmo a calhar: a Black Friday, um dia marcado por vários descontos e que acontece já amanhã.

A “Sexta-Feira Negra” é uma tradição norte-americana, que marca o primeiro dia para as compras de Natal. Mas rapidamente se espalhou para outros países, como Portugal. Há várias histórias que explicam como surgiu esta tradição. Mas o seu objetivo é claro: promoções, promoções e mais promoções. Neste dia, há campanhas de descontos nas lojas físicas e online e são várias as marcas que vão aderir: a Apple, a Fnac, a Vila Galé ou a Toys “R” Us. Fique a conhecer algumas das campanhas.

Tecnologia

Apple: A empresa norte-americana não quis aderir a esta moda no ano passado. Mas este ano não a vai deixar passar. A Apple enviou um email ao clientes com a seguinte mensagem: ” Visite-nos sexta-feira e encontre presentes para toda a família e amigos.” A Apple não entra em detalhes, mas é possível que baixe o preço dos equipamentos.

iwatch

Electronic Arts: A marca está a oferecer descontos em alguns dos seus jogos mais conhecidos. Nessa lista incluem-se o FIFA 17, Battlefield 1, Titanfall 2, The Sims 4, Need for Speed 2016 e Mirros Edge Catalyst. A PlayStation também vai ter vários jogos e conteúdos adicionais em promoção.

Fnac: A Black Friday chega à Fnac no dia 24 de novembro às 21h30. A Fnac vai oferecer descontos até 50% em artigos selecionados e conta com a participação de marcas como a Apple, Samsung, Microsoft, Asus, HP, Huawei, Canon, Sony, GoPro, LG ou Playstation. Mas atenção: as promoções são exclusivas a quem aderiu ao cartão Fnac.

Worten: As lojas estão com uma campanha até 27 de novembro e oferecem 20% de desconto, em talão, em todos os produtos.

Rádio Popular: A marca não vai cobrar IVA entre 25 e 27 de novembro. A promoção é aplicada a todos os produtos.

Amazon: A Black Friday vai decorrer até ao final do dia 25 de novembro e oferece descontos até 50% em milhares de produtos. E a cada hora há novas ofertas. Por isso, esteja atento à página.

Media Markt: As promoções decorrem entre 24 e 28 de novembro e abrangem vários produtos, como telemóveis, computadores, consolas, máquinas fotográficas, televisões e eletrodomésticos. Nos jogos, oferece um na compra de três. A garantia de devolução também foi prolongada até 15 de janeiro.

Hotéis

Vila Galé: Apenas a 25 de novembro, o grupo oferece descontos de 20% aos clientes que reservem um mínimo de sete noites consecutivas com pequeno-almoço nos hotéis Vila Galé Santa Cruz (Madeira), Douro, Coimbra, Ericeira, Évora, Clube de Campo (Beja), Tavira e Albacora (Tavira). Os hóspedes que optem pelo regime de meia pensão nestas estadias usufruirão de reduções de 25%. As reservas podem ser em qualquer tipologia de quarto e para qualquer época do ano, excetuando entre 11 e 15 de agosto nos hotéis Vila Galé Douro, Clube de Campo, Tavira e Albacora.

Vila Gale Clube de Campo
Vila Gale Clube de Campo

Grupo Pestana: A campanha decorre de 25 de novembro a 2 de dezembro, com a maioria das estadias a realizar-se até 30 de abril e com descontos que chegam aos 50% caso o destino seja o Brasil. Na Europa, os valores podem alcançar uma redução de 40%. E, no território nacional, os descontos são de 30% e incluem o Gerês, Vila Pouca da Beira, Aveiro, Palmela, Estremoz, Beja, Crato ou Sagres.

Odisseias: Aqui a “Black Friday” também se transforma numa “Black Week”. Os descontos vão ser oferecidos entre 21 e 27 de novembro e abrangem pacotes de restaurantes, aventuras, hotéis e experiências de spa.

Moda e brinquedos

Cubanas: A marca de calçado Cubanas vai oferecer descontos apenas no dia 25 de novembro. E estes descontos devem ser de 20% em toda a coleção outono/inverno 2016 e de 10% na linha Acqua.

Zara: Oferece um desconto de 20% em todas as compras (na loja ou online).

Moda - roupa - consumo

Sport Zone: A marca oferece até 50% de desconto direto nas suas lojas físicas e online em mais de 6 mil artigos desportivos. A promoção é válida entre 24 de novembro e 28 de novembro.

Zippy: A loja de roupa de criança vai promover de 25 a 27 de novembro uma campanha de 25% de desconto em talão em todos os artigos.

Toys “R” Us: A loja foi outra das que optou ter uma semana inteira de preços baixos. Entre 21 e 27 de novembro, há mais de 100 artigos com promoções até 70%. Os descontos são válidos em todas as lojas físicas e online. O Nenuco Clinica da Maternidade custava 59,99€ e agora está a 29,99€. A mesma coisa aconteceu com a Gelataria da Playmobil ou o Pack 4 Barbies Fashionistas.

Science4you: Nos dias 25, 26 e 27 de novembro, a empresa portuguesa de brinquedos educativos oferece descontos até 70%, em produtos selecionados, na loja online e lojas físicas em todo o país.

Supermercados e centros comerciais

Freeport Fashion Outlet: De 24 a 27 de novembro, há várias ofertas para vestuário, calçado e acessórios e os descontos vão até aos 70%. E estão incluídas diversas marcas, como a Escada, Hugo Boss, Tommy Hilfiger ou Levi’s.

Aqua Portimão: Durante o dia 25 de novembro será oferecido um cartão oferta de 20 euros aos clientes que adquirirem um cartão de 50 euros neste centro comercial. Ao Aqua Portimão juntam-se os centros comerciais Espaço Guimarães e o Parque Nascente nesta oferta.

El Corte Inglés: Oferta de descontos até 50% em artigos selecionados.

Amoreiras Shopping Center: Promoções até 50% em artigos selecionados nas lojas aderentes.

Continente: Até 50% de desconto em artigos selecionados até 27 de novembro. Mas apenas na loja online.

(Notícia atualizada às 17h07.)

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Black Friday é sinónimo de promoções. Mas quais?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião