2016 em revista? Este foi o ano de Mark Zuckerberg

  • Ana Luísa Alves
  • 16 Dezembro 2016

A rede social criada por Zuckerberg decidiu relembrar-nos a todos como foi o nosso ano "virtual": quantos likes fizemos e que reações atribuimos ao que vimos e lemos, e que fotos tirámos. Mas não só.

O “ano em revista” já é habitual no Facebook, e 2016 não foi exceção. Além dos likes que fizemos, das fotografias que partilhámos e em que fomos identificados, o pequeno filme mostra ainda, no fim, a nossa foto de perfil e, à volta, a foto dos amigos com que mais nos relacionámos na rede social durante todo o ano.

Segundo a Business Insider, estes são os amigos com quem o fundador da rede social Mark Zuckerberg mais se relacionou durante o ano.

  • Dave Morin o trabalhador mais antigo do Facebook, que deixou a empresa em 2010 para ser o CEO da rede social Path. Hoje em dia é parceiro na Slow Ventures, uma venture capital de São Francisco.
  • Yuri Milner – o investidor mais antigo do Facebook, da companhia russa Mail.Ru. Comprou 1,96% do Facebook for 200 milhões de dólares em 2009.
  • Elliot Schrage – vice-presidente da comunicação do Facebook. É o responsável pelas políticas adotadas pela empresa e a relação que esta estabelece com os governos. Às vezes viaja com Zuckerberg.
  • Jessica Lessin – fundadora e CEO da The Information, um site de notícias que cobra aos seus leitores uma subscrição anual de 400 dólares. O seu marido, Sam Lessin, também já trabalhou no Facebook.
  • David Marcus – lidera o Messenger no Facebook. Foi anteriormente o presidente da PayPal.
  • Caryn Marooney – é responsável por toda a mensagem externa da empresa e pelas relações com os media, enquanto presidente da comunicação do Facebook.
  • Brent Tworetzky – é o cunhado (marido de Randi, a irmã) de Zuckerberg. É vice-presidente de produto da XO Group.

Editado por Mariana de Araújo Barbosa (marianabarbosa@eco.pt)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

2016 em revista? Este foi o ano de Mark Zuckerberg

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião