Associação Mutualista: Ministro garante “níveis confortáveis”

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 14 Março 2017

O ministro Vieira da Silva afasta riscos de exposição da associação mutualista Montepio Geral à Caixa Económica, de que é acionista.

O ministro Vieira da Silva garantiu hoje que não tem qualquer informação que o leve a afirmar que a associação mutualista Montepio Geral possa vir a ter problemas por ter uma exposição elevada à Caixa Económica Montepio, de que é a única acionista. O ministro, que tutela a mutualista, garantiu que os rácios de cobertura” dos produtos da associação “têm-se mantido em níveis confortáveis”.

À margem da audição parlamentar do Trabalho, Vieira da Silva frisou que desconhece os números da Associação Mutualista Montepio Geral recentemente tornados públicos, mas garantiu que “do ponto de vista do acompanhamento que o Ministério tem feito, os rácios de cobertura” dos produtos da associação “têm-se mantido em níveis confortáveis”.

O ministro do Trabalho também não quis responder quanto a eventuais riscos de contágio ao banco salientando apenas que “há um processo de evolução das duas instituições, em particular no aprofundamento dessa autonomia”, acrescentando que até há pouco tempo estava em causa apenas uma entidade.

Vieira da Silva não afasta a possibilidade de ser o regulador dos seguros a supervisionar a associação mutualista, afirmando que já reconheceu essa disponibilidade. E também admitiu recuperar o código das associações mutualistas, mas com “algumas correções” e “algumas melhorias ao enquadramento legal desta atividade”.

Para Vieira da Silva, importa agora ouvir “aquilo que os diferentes responsáveis têm a dizer acerca das medidas que estão a tomar” para “desenvolver a solidez” da instituição.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Associação Mutualista: Ministro garante “níveis confortáveis”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião