Uber funde-se com concorrente na Rússia

A Uber e a Yandex.Taxi fundiram-se numa joint venture que vai operar na Rússia e noutros cinco mercados. Yandex é vista como a "Google da Rússia".

A Uber e a gigante russa Yandex anunciaram esta quinta-feira um negócio milionário. A empresa norte-americana de transporte vai juntar-se àquela que é vista como a “Google da Rússia”, criando uma joint venture detida em 59,3% pela Yandex, 4,1% pelos trabalhadores e restantes 36,6% pela Uber.

A Uber aceitou desembolsar 225 milhões de dólares neste negócio, enquanto a Yandex contribuirá com um investimento de 100 milhões de dólares.

Sergey Libin, analista do Raiffeisen Bank, disse que se trata de “um bom negócio”. Citado pela Reuters [conteúdo em inglês], referiu que esta é uma forma de a Yandex “eliminar um concorrente agressivo” no mercado das viagens partilhadas, onde a Uber é um player de força a nível internacional.

“No longo prazo, irá conduzir a uma melhor monetização e rentabilidade”, sublinhou. A empresa russa detém um serviço concorrente da Uber em vários mercados, chamado Yandex.Taxi.

Num comunicado, a Uber indica que a fusão não se limita à Rússia, mas que se estende aos mercados “na Arménia, no Azerbaijão, na Bielorrússia, na Geórgia e no Cazaquistão”.

O objetivo passa por “criar uma nova empresa com vista a operar em cerca de 127 cidades”, lê-se na nota de imprensa. Esta empresa será presidida pelo atual CEO da Yandex.Taxi, Tigran Khudaverdyan.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Uber funde-se com concorrente na Rússia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião