Advogados em palco: este ano esperam ultrapassar os 500 mil

Rock 'n Law é já a 13 de Outubro. Oito bandas vão tocar para ajudar projeto "Casas Primeiro", da Associação Estudo e Integração Psicossocial. Evento terá o alto patrocínio de Marcelo Rebelo de Sousa.

António Lobo Xavier da Morais Leitão no Rock ‘n Law.

O Presidente da República lançou o repto em abril. E os advogados agarraram. A edição deste ano do Rock ‘n’ Law (RIL), que arranca já no dia 13 de outubro, sexta-feira, junta oito bandas de oito dos maiores escritórios de advogados (Garrigues, Cuatrecasas Gonçalves Pereira, Uría Menéndez – Proença de Carvalho, CMS Rui Pena & Arnaut, Morais Leitão, PLMJ, SRS Advogados e Viera de Almeida & Associados) para apoiar o projeto “Casas Primeiro”, da Associação Estudo e Integração Psicossocial (AEIPS), que vai dar casa a pessoas sem abrigo.

O evento conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República e os escritórios de advogados esperam angariar mais de 500 mil euros, contando com as anteriores oito edições.

“Queremos menos pessoas na rua. Queremos dar o nosso contributo para um desígnio que deve ser de todos: que Portugal venha a ser um país onde todos têm uma casa, onde o direito ao abrigo é de todos”, diz a organização do evento, no site oficial. O projeto “Casas Primeiro” da AEIPS vai proporcionar casa a 25 pessoas que hoje vivem nas ruas, desprotegidas, a maioria com doença mental.

Este ano, o palco desta que é a nona edição do Rock ‘n’ Law é montado no Kais, a partir das 21h. A entrada no evento é feita mediante a contribuição de 20 euros, que revertem na totalidade para a AEIPS, após dedução dos custos do evento.

No ano passado, o apoio do Rock ‘n’ Law possibilitou integrar sócio-profissionalmente 15 jovens adultos com deficiência intelectual e do desenvolvimento, formados pelo SEMEAR, numa unidade agrícola sustentável com vista à sua plena e ativa inclusão social, contribuindo para a redução da elevada taxa de desemprego deste público alvo (75%).

O Rock ‘n’ Law é uma iniciativa sem fins lucrativos que visa angariar fundos para projetos de solidariedade.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Advogados em palco: este ano esperam ultrapassar os 500 mil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião