Black Friday, afinal é de segunda a sexta

  • ECO
  • 21 Novembro 2017

A Black Friday passou à história. A moda agora é promover uma semana inteira de grandes descontos. O ECO encontrou seis lojas que lhe oferecem todos os dias cortes, das viagens aos brinquedos.

Este ano, os sapatinhos de Natal voltam a ser recheados com ofertas em promoção. De acordo com um inquérito realizado pela Science4You, um quinto dos portugueses confessa que vai aproveitar as campanhas de descontos para se preparar para a época natalícia e a Black Friday é apontada como um dos momentos ideais para avançar nessa lista de presentes.

Black Friday tornou-se numa Black Week e os descontos multiplicaram-se.

A “sexta-feira negra” — tradição norte-americana caracterizada por grandes cortes nos preços, nas mais variadas áreas de consumo, no dia seguinte ao Dia de Ação de Graças — já não é, contudo, o que era. Chegou a mais países (ao México, a França, Índia e até Portugal) e tomou conta de períodos mais alargados. “Toda a gente quer vender mais”, afirma a DECO, em conversa com o ECO. “Mesmo assim, aplicam-se as mesmas regras da promoção e conselhos para as boas compras”, alerta.

Da hotelaria à tecnologia, muitos são casos em que, em vez de uma sexta-feira de cortes, se adotou uma semana (ou mais) de preços muito emagrecidos. O grupo Pestana decidiu estender a sua campanha até 27 de novembro e a Ryanair lançar, todos os dias desta semana, milhares de lugares com descontos e rasgar os preços dos alugueres de viaturas, no destino. “Esta campanha surge no seguimento de uma similar que lançámos no ano passado e que teve um sucesso tremendo”, adiantou ao ECO a transportadora irlandesa. Já a Worten dá cartas com uma semana negra com centenas de artigos em desconto e envio gratuito.

Quanto aos produtos para os mais pequenos, os descontos também não faltam. No que toca aos miúdos, os portugueses abrem os cordões à bolsa — o mesmo inquérito indica que orçamento de 25 euros para cada presente de Natal sobe para a faixa dos 50-100 euros, quando se trata das crianças — e as empresas dão largas à tesoura. A Toys R Us cortou os seus preços em metade e a Science4You descontou 70% dos valores originais, em produtos selecionados. “A maioria das marcas tem vindo a antecipar a sua comunicação e promoções, não só em loja mas, sobretudo, no online e o cliente também já está a guardar este dia no calendário“, explicou ao ECO a empresa. De acordo com a Science4You, adiantar os cortes é “uma estratégia não só para dar visibilidade à marca numa altura tão próxima do Natal mas, mais que tudo, para alavancar vendas”.

Crianças entretidas, viagem marcada, falta-lhe investir no seu guarda-roupa. Até 26 de novembro, o Clube Fashion, por exemplo, vende Louis Vuitton Vintage a até 75% menos e Lacoste a até 50% menos. Tudo isto com entrega até 48 horas, totalmente grátis.

Para que não perca nenhuma destas oportunidades, o ECO reuniu abaixo todos os detalhes das campanhas.

Marque a sua viagem a Paris esta semana e beneficie de um preço muito reduzido.Pixabay
  1. Ryanair

    Ir a Paris por 15 euros ou Frankfurt por 13? Sim, é possível, com a semana negra desta transportadora aérea irlandesa. De 20 a 24 de novembro, a Ryanair vai oferecer, diariamente, milhares de lugares com desconto e cortes no aluguer de viaturas no destino.

  2. Science4You

    Até 26 de novembro (na loja online), pode adquirir um drone, uma fábrica de batons ou uma lâmpada de lava com 70% de desconto. A Science4You aderiu à moda e adotou uma semana negra de descontos, em produtos selecionados, que lhe vai dar uma mãozinha nas compras de Natal. Nas lojas físicas, as promoções só duram o fim de semana, isto é, estão em vigor de 24 a 26 de novembro.

  3. Worten

    “Rasgamos os preços”, anunciam. Até 22 de novembro, a Worten promove uma semana negra de descontos, com centenas de artigos com preços reduzidos e entregas gratuitas. Da informática aos pequenos e grandes eletrodomésticos, passando pela fotografia, as compras podem ser pagas até dez prestações, sem juros. Na sexta-feira, a empresa portuguesa lançará uma nova campanha de promoções.

    Pestana Palácio do Freixo está entre os hotéis com descontos, esta semana.Grupo Pestana
  4. Grupo Pestana

    Neste grupo hoteleiro, os dias negros duram até 27 de novembro e podem valer até 42% de desconto nas estadias (com direito a pequeno-almoço) em 76 das suas 90 unidades portuguesas, incluindo o Pestana Palácio do Freixo (Porto), o Pestana Porto Santo e o Pestana Delfim (Algarve). Até à próxima segunda-feira, as reservas que se refiram no máximo a janeiro do próximo ano beneficiam de um corte. Além disto, as crianças desfrutam de condições especiais.

  5. Toys R Us

    Prepare as compras do Natal para os mais pequenos, já esta semana. Até domingo (26 de novembro), há milhares de produtos com até 50% de desconto, na Toys R Us. Pode comprar assim um baloiço que custava quase 100 euros a 49,99 euros ou uma cadeira de passeio com uma redução semelhante.

  6. Clubefashion

    O primeiro clube de moda online português juntou-se ao movimento e até 26 de novembro cortou os seus preços. Marcas como a One, Timberland e Michael Kors estão, por estes dias, não só aos melhores preços do mercado, mas a 48 horas de distância (dois dias é o prazo máximo de entrega das compras). Os preços dos artigos da Louis Vuitton Vintage estão até 75% mais magros e os das peças Lacoste sofreram um corte de 50%. Além disto, os portes de envio são gratuitos.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Black Friday, afinal é de segunda a sexta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião