Abreu recebe conferências de empreendedorismo feminino

A iniciativa “WeTalks” é um ciclo de conferências dedicadas à troca de experiências de líderes empresariais, promovido pela WomemWinWin em conjunto com a Abreu Advogados. A 1ª edição é dia 22 de março

O empreendedorismo e a liderança no feminino são o mote da iniciativa “WeTalks”, um ciclo de conferências dedicadas à troca de experiências de líderes empresariais, promovido pela Womem WinWin em conjunto com a Abreu Advogados. A 1ª edição realiza-se dia 22 de março, entre as 08h30 e as 10h00, na sede da sociedade, em Lisboa.

Fernanda Freitas, fundadora e CEO da Eixo Norte Sul e Sara do Ó, partner do Grupo Your, partilham em palco as suas experiências pessoais e profissionais, em particular os principais desafios na fundação e gestão das suas carreiras e empresas.

A sessão de abertura estará a cargo de Ana Sofia Batista, sócia da Abreu Advogados e de Maria José Amich, fundadora e presidente da Women Win Win.

Saiba como inscrever-se aqui.

Sobre a WomenWinWin:

A WomenWinWin é uma associação sem fins lucrativos para o Desenvolvimento do Capital Humano e da Iniciativa Empresarial Feminina. Por trás deste projeto trabalha um grupo de mulheres que acredita no poder da comunidade como uma alavanca de motivação da atitude empreendedora e reforço da iniciativa empresarial feminina.

A missão desta associação é criar um ecossistema que incentive o desenvolvimento e fortalecimento do empreendedorismo e liderança feminina. A sua visão prende-se com ser reconhecida como a comunidade de referência de e para as mulheres empreendedoras em Portugal que, através da colaboração, partilha de conhecimento e desenvolvimento de competências, contribui para um impacto positivo na sociedade e no meio empresarial.

Para mais informações, consulte o site aqui.

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Abreu recebe conferências de empreendedorismo feminino

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião