Rato, Ling, Lei & Cortés no International Gaming Summit 2018

A sociedade Rato, Ling, Lei & Cortés  vai participar no “International Gaming Summit 2018”. Terá lugar em Macau de 14 a 16 de maio.

A 37ª edição do “International Gaming Summit” tem lugar em Macau, de 14 a 16 de maio, e conta com a participação da Rato, Ling, Lei & Cortés – Advogados (Lektou). O evento, que é promovido pela International Association of Gaming Advisors (IAGA), reúne os principais intervenientes internacionais do setor jurídico da indústria de jogo.

No primeiro dia do evento, Pedro Cortés, sócio sénior do escritório, vai ser um dos oradores do painel “Yesterday, Today and Tomorrow: What’s Happening in the Asia Market?”. Aqui vai abordar o estado atual da indústria de jogo na Ásia e as oportunidades em países como Japão, Filipinas, Vietname ou Camboja, sem esquecer o caso de Macau.

No dia 16 de maio, o advogado José Filipe Salreta participa no workshop “Combating Financial Crime and Risk” onde vai apresentar o tema “Data Analytics and Big Data Analysis in the Prevention, Detection and Investigation of Financial Crime”. No mesmo dia, também o advogado responsável pela Lektou Portugal, Óscar Alberto Madureira é orador no workshop “Critical Issues in Responsible Gaming”, onde abordará o tema “Gambling Controls on Local Residents – What’s the Best Approach?”.

O “International Gaming Summit” assume-se como o maior evento do género a nível mundial e onde se discutem os principais desafios que o setor do jogo atravessa entre operadores, fornecedores, advogados, instituições financeiras, reguladores e outros intervenientes do setor.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Rato, Ling, Lei & Cortés no International Gaming Summit 2018

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião