EDP regressa aos ganhos. BCP puxa por Lisboa

Depois de ter aberto a negociar em terreno negativo, o índice de referência nacional já está a valorizar. Os títulos do BCP, da Altri e da família EDP estão a puxar por Lisboa.

Depois de ter aberto no vermelho, a praça bolsista nacional inverteu a tendência e já está a ganhar 0,39%. Das 18 cotadas, 12 estão a negociar em terreno positivo, com especial destaque para os títulos do BCP, da Altri — que continuam a bater recordes — e da família EDP, que voltaram aos ganhos. Apesar das cotações do “ouro negro” estarem em alta, as ações da Galp estão a pressionar Lisboa.

O índice de referência nacional, o PSI-20, está a valorizar 0,39% para 5.717.910 pontos, acompanhando agora a tendência positiva registada nas restantes praças europeias. O Stoxx 600 está a ganhar 0,09% para 393,57%.

Os títulos do banco liderado por Nuno Amado estão a dar gás à bolsa, estando a subir 1,24% para 28,46 cêntimos. A revisão em alta da avaliação do Deutsche Bank justifica essa tendência de valorização. O banco elevou o preço-alvo de 32 para 33 cêntimos por ação.

Do lado dos ganhos, destaque também para a papeleira Altri, cujas ações estão a bater um novo recorde. Estão a somar 1,72% para 7,68 euros. Na sexta-feira, a empresa anunciou que os seus lucros atingiram os 32,6 milhões de euros, no primeiro trimestre do ano, o que representa um aumento de 90,6% face ao mesmo período de 2016, um resultado que animou os investidores. A consolidação no setor está a puxar pelo setor.

No mesmo setor, piores momentos vivem os títulos da Semapa e da Navigator, estando os primeiros presos na linha de água e os segundos a perder 0,37% para 5,35 euros.

Na energia, as ações da EDP e a EDP Renováveis voltaram aos ganhos, depois de terem sofrido a sua primeira queda, na quarta-feira, desde que os chineses da China Three Gorges lançaram uma OPA à gigante liderada por António Mexia. Os títulos da EDP estão a valorizar 0,38% para 3,41 euros e os da EDP Renováveis estão a subir 0,25% para 8,05 euros.

No mesmo setor e apesar das cotações do petróleo estarem em alta, as ações da Galp estão a pressionar Lisboa. Os títulos da gigante liderada por Carlos da Silva estão a perder 0,35% para 16,89 euros.

Ainda a puxar pela bolsa estão as ações dos CTT, que estão a ganhar 0,48% para 2,94 euros. Esta é a segunda sessão em que os títulos da Correios de Portugal estão a negociar sem direito ao dividendo de 38 cêntimos.

Comentários ({{ total }})

EDP regressa aos ganhos. BCP puxa por Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião