Trabalhadores da Caixa Geral de Depósitos em greve dia 24. Protestam contra fim do acordo de empresa

  • Lusa
  • 2 Agosto 2018

Sindicato convocou protesto depois de o banco público ter denunciado o acordo empresa, pretendendo acabar com anuidades e liberalizar horários aos trabalhadores.

O Sindicato dos Trabalhadores das Empresas do Grupo Caixa Geral de Depósitos (STEC) convocou uma greve para o dia 24 no banco público contra a denúncia do Acordo de Empresa (AE) apresentada pela administração. A denúncia do acordo empresa “constitui uma verdadeira declaração de guerra aos trabalhadores e ao STEC”, sublinha o sindicato em comunicado à imprensa.

“Depois de protelar sucessivamente as negociações de revisão da tabela salarial (em vigor desde 2010), a Caixa, manifestando má-fé negocial, apresentou uma proposta arrasadora” onde pretende, segundo o STEC, eliminar a carreira profissional, as anuidades, o prémio de antiguidade e ainda liberalizar os horários, aumentar a polivalência de funções e dificultar o acesso ao crédito à habitação.

“No momento em que a Caixa anuncia 194 milhões de euros de lucros no primeiro semestre, ‘premeia’ os trabalhadores com esta proposta de AE”, acrescenta o sindicato.

O STEC denuncia ainda as “pressões” para que os trabalhadores adiram ao plano de reformas antecipadas e ao plano de rescisões amigáveis bem como o “assédio crescente nos locais de trabalho, pela via da ameaça, da humilhação, do desrespeito pessoal e profissional”.

O vice-presidente do STEC, Pedro Messias, disse à Lusa que espera uma “forte adesão” à greve, uma vez que o protesto abrange todos os trabalhadores do banco público, sejam ou não sindicalizados, não abrangendo porém as empresas do grupo.

Segundo o dirigente sindical, a Caixa tem neste momento cerca de 7.700 trabalhadores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trabalhadores da Caixa Geral de Depósitos em greve dia 24. Protestam contra fim do acordo de empresa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião