Diretores propõem que professores com mais de 60 anos deixem de dar aulas

  • ECO
  • 29 Agosto 2018

A proposta dos diretores das escolas públicas é afastar das salas de aulas os docentes a partir dos 60 anos para que estes possam dar apoio aos professores que iniciam a carreira.

A proposta é da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP) e incide sobre os professores que tenham mais do que 60 anos, sugerindo que estes fiquem dispensados, total ou parcialmente, da componente letiva. Desta forma, estes profissionais poderiam dar apoio aos docentes que iniciam agora a carreira.

De acordo com o Jornal de Notícias (acesso pago), esta foi uma das propostas feita pelos diretores do todo o país, em resposta a um inquérito da ANDAEP. Entre as preocupações dos diretores dos estabelecimentos de ensino público estão, também, a falta de assistentes técnicos e operacionais, os computadores antiquados, a internet fraca e a multiplicidade de plataformas do Ministério da Educação, que consomem demasiado tempo e insegurança em relação ao processo de descentralização.

A proposta de afastar os docentes a partir dos 60 anos das salas de aulas está relacionada com o rápido desgaste a que a profissão está associada.

A Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas já pediu uma reunião com o Ministério da Educação para apresentar estas preocupações e algumas sugestões e está, neste momento, à espera que a mesma se realize.

Comentários ({{ total }})

Diretores propõem que professores com mais de 60 anos deixem de dar aulas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião