Fever lança “speed networking” na semana do Web Summit

Na semana do maior evento de tecnologia e empreendedorismo do mundo, a app Fever lança novidade para acelerar os contactos durante o evento. Speed Networking decorre dia 5, às 18h30.

O evento de networking da Fever pretende potenciar os contactos durante o Web Summit deste ano.D.R.

Para acelerar os contactos entre os participantes — ou não — no maior evento de empreendedorismo e tecnologia do mundo [o Web Summit decorre entre 5 e 8 de novembro, em Lisboa], a Fever lançou esta quarta-feira o Speed Networking, com o objetivo de encontrar parceiros de negócio, trocar ideias, inspiração e contactos em conversas de sete minutos.

Marcado para 5 de novembro, segunda-feira, entre as 18h30 e as 21h00, o evento vai decorrer no restaurante Lagar do Cais, no Cais do Sodré, em Lisboa. “O objetivo é criar sinergias, parcerias, contactos e oportunidades de negócios, aproveitando o ambiente internacional e o espírito de empreendedorismo que Lisboa recebe nessa semana, com milhares de visitantes de outros países que irão marcar presença no Web Summit”, explica a Fever em comunicado.

O Speed Networking dá a possibilidade de conhecer entre 12 a 20 pessoas em conversas de sete minutos, nas quais cada participante estará identificado e terá uma ficha para anotar as principais informações dos novos contactos. As inscrições no evento são feitas através da app, bastando, para isso, selecionar a cidade onde deseja realizar atividades. A atividade tem o custo de 12 euros.

A espanhola Fever, a maior aplicação de eventos do mundo, chegou a Lisboa no final de agosto de 2018. A app filtra e sugere eventos nas cidades onde está presente e, com base nas preferências dos utilizadores.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Fever lança “speed networking” na semana do Web Summit

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião