Bruxelas e Londres já chegaram a acordo sobre futuro após o Brexit

O Executivo britânico e a União Europeia chegaram a acordo sobre as relações futuras entre estas partes, depois do Brexit. A solução encontrada para fronteira entre Irlandas deverá ser alterada.

O Executivo britânico e a União Europeia já chegaram a acordo sobre o futuro das relações entre o Reino Unido e o bloco comunitário, depois do divórcio marcado para março de 2019. De acordo com a Bloomberg, Theresa May e Donald Tusk dizem-se “determinados” a substituir uma das medidas mais polémicas do acordo técnico anunciado na semana passada: o território aduaneiro neutro na fronteira entre as Irlandas.

Na declaração em causa, Londres e Bruxelas dizem esperar que as suas relações futuras sejam marcadas pela criação de uma zona de comércio livre pautada pela “profunda cooperação” a nível aduaneiro e regulatório, que permita práticas de concorrência justas. De notar que esta cooperação regulatória não deverá ameaçar a “autonomia regulatória” de ambas as partes, frisa o documento citado pela Bloomberg.

No que diz respeito à medida que mais críticas tem valido a Theresa May — o chamado backstop na fronteira entre as Irlandas — May e Tusk concordaram em substituir esta solução por um novo acordo, que continue a evitar uma “fronteira rígida” nesta região. Em causa está a proposta de criação de uma espécie de território aduaneiro neutro, através do qual as mercadorias britânicas teriam acesso ao mercado dos 27 sem taxas nem quotas.

O acordo conseguido esta quinta-feira tem agora de ser examinado e receber o crivo dos britânicos e dos 27 Estados-membros da União Europeia. Espanha já não será um entrave. O Reino Unido e o país vizinho chegaram a um pré-acordo relativo a Gibraltar quanto à relação entre Espanha e a colónia britânica, depois do Brexit.

Face a este entendimento político, a libra esterlina está a valorizar mais de 1% face ao dólar. No entanto, a moeda britânica não conseguiu ainda regressar para o nível antes da forte queda de quinta-feira passada, quando se afundou na sequência da demissão de vários membros do Governo britânico.

Foi no dia 13 de novembro que o Executivo britânico e a União Europeia chegaram a acordo técnico sobre a saída do Reino Unido da bloco comunitário. Os termos do entendimento conseguidos depois de 17 meses de negociações caíram mal junto do partido de Theresa May, valendo à primeira-ministra múltiplas críticas, ameaças de uma moção de censura e quatro baixas no seio do seu Executivo (incluindo o ministro do Brexit).

(Notícia atualizada às 11h23)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bruxelas e Londres já chegaram a acordo sobre futuro após o Brexit

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião