Farfetch vai às compras após IPO. Paga 250 milhões por loja online de calçado desportivo

A Farfetch chegou a acordo para a compra da Stadium Goods, uma plataforma de venda de calçado desportivo, por 250 milhões de dólares.

Farfetch comproi a Stadium Goods para expandir oferta na categoria de calçado desportivo.D.R.

A Farfetch anunciou que vai comprar a Stadium Goods, uma loja online de calçado desportivo. A operação vai custar 250 milhões de dólares em dinheiro e ações à empresa fundada pelo português José Neves. A empresa espera fechar o negócio no primeiro trimestre de 2019.

“A Farfetch […] acaba de chegar a acordo para a aquisição da Stadium Goods, um marketplace líder global em calçado desportivo e streetwearpremium, por um valor de 250 milhões de dólares. O pagamento será feito em dinheiro e em ações da Farfetch, sendo cada valor determinado assim que tenham sido dados todos os passos normais para a conclusão do negócio”, informou a empresa num comunicado.

Esta é a primeira aquisição da Farfetch desde que entrou na bolsa de Nova Iorque, a 21 de setembro deste ano. A empresa de ADN português já tinha colaborado com a Stadium Goods, mas identificou neste negócio “uma grande oportunidade para as duas companhias usarem as forças uma da outra para conquistarem uma fatia maior de um segmento da moda de luxo excitante e em rápido crescimento”, considerou José Neves, presidente executivo da Farfetch, citado na mesma nota.

“Estou confiante de que podemos ajudar a Stadium Goods a aumentar a sua presença internacional, chegando aos sneakerheads em todo o mundo, através do nosso conhecimento de tecnologia, logística e tratamento de dados. A Farfetch vai beneficiar da marca Stadium Goods, do acesso à rede de fornecimento, e de uma equipa com paixão e vasto conhecimento de streetwear premium“, frisou ainda o gestor português.

Segundo a Farfetch, o mercado de calçado desportivo de gama alta valia 70 mil milhões de dólares em 2017, de acordo com dados da consultora Bain. “A Stadium Goods está no marketplace da Farfetch desde abril de 2018 e, desde que entrou na plataforma, registou um forte crescimento nas vendas. Depois da aquisição, a Stadium Goods continuará a atuar como uma marca independente na plataforma da Farfetch e continuará a ser gerida pela atual equipa. Os artigos da Stadium Goods em stock serão integrados no marketplace da Farfetch, onde estarão disponíveis para todo o mundo”, informou a empresa.

Fundada em 2015 por John McPheters e Jed Stiller, a marca é um marketplace líder de calçado desportivo e de streetwear e especializado, além de artigos novos, em peças em deadstock (novas, nunca usadas ou em 2.ª mão).

Neste negócio, o banco Goldman Sachs atuou como consultor financeiro exclusivo e a Fenwick & West atuou como conselheira legal da empresa. Face a esta notícia, as ações da empresa de tecnologia e moda de luxo chegaram a valorizar 4,17%, para 23,49 dólares.

(Notícia atualizada pela última vez às 15h03)

Comentários ({{ total }})

Farfetch vai às compras após IPO. Paga 250 milhões por loja online de calçado desportivo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião