Este empreendimento poderia ser uma cidade de conto de fadas… mas está vazio

Foram completadas quase 600 casas no complexo Burj Al Babas, antes de a construção parar. O preço dos castelos, idênticos por fora, varia entre os 370 mil e os 530 mil dólares.

Sempre quis viver numa cidade de um conto de fadas? Centenas de castelos idênticos, localizados numa colina na Turquia, poderiam cumprir os requisitos mas, de momento, parece mais uma cidade fantasma. O grupo Sarot, responsável pelo empreendimento de 200 milhões de dólares, não conseguiu vender casas suficientes e teve de parar a construção.

Ficaram terminados 587 castelos no complexo de Burj Al Babas, antes de o grupo ter de declarar falência, por dívidas no valor de 27 milhões de dólares, pode ler-se na Curbed (conteúdo em inglês). Situado perto da cidade turca de Mudurnu, o empreendimento começou a ganhar forma em 2014, tendo em vista os investidores do Médio Oriente.

Quem desejar viver nesta colina turca pode pagar entre 370 mil dólares a 530 mil dólares por uma casa, e várias chegaram a ser vendidas no começo do empreendimento. O Burj Al Babas despertou o interesse de investidores do Qatar, Barém, Kuwait, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita, que ocupariam cerca de 350 casas, mas não foi o suficiente para suportar os custos do complexo.

O presidente do grupo continua a ter esperanças de que será possível aliciar mais pessoas para viver nestes castelos. “Só precisamos de vender 100 vilas para pagar a nossa dívida”, disse Mehmet Emin Yerdelen, à Bloomberg, em novembro. “Acredito que conseguimos ultrapassar esta crise num período entre quatro a cinco meses, e inaugurar parcialmente o projeto em 2019“, confiou.

Nos planos do grupo estava também que os habitantes das casas pudessem usufruir de um centro comercial, banhos turcos, cinemas e complexos desportivos. Os moradores podiam escolher modelar o interior das casas consoante o gosto pessoal, mas o exterior não é modificável, para que os castelos sejam idênticos por fora.

Comentários ({{ total }})

Este empreendimento poderia ser uma cidade de conto de fadas… mas está vazio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião