O que têm um champô e um gelado em comum? A embalagem da Loop, criada para reduzir o desperdício

A plataforma será lançada nos próximos meses nos Estados Unidos e em França. Segue-se, no final do ano, o Reino Unido e, em 2020, Tóquio e Toronto. Para Portugal ainda não há data marcada.

Reduzir ou combater o desperdício é muito mais do que excluir os plásticos descartáveis. Embora muitas empresas estejam nesta fase, trocando, por exemplo, palhinhas de plástico por palhinhas de papel ou embalagens de plástico por embalagens de papel reciclado, ir à raiz do problema envolve outro tipo de práticas. Consciente disso mesmo, foi assim que a plataforma Loop surgiu.

“Embora a reciclagem seja extremamente importante, não resolverá o problema do desperdício na sua origem”, explica Tom Szaky, diretor executivo e cofundador da TerraCycle, em declarações à Fast Company (acesso livre, conteúdo em inglês). A ideia é juntar nesta plataforma grandes empresas de produtos de consumo, com o objetivo de combater o desperdício através do movimento “lixo zero”.

Usar um champô da Pantene ou comer um gelado da Haagen-Dazs vão ter, brevemente, uma coisa em comum: a embalagem. Feito em aço inoxidável, o pacote será reutilizável, o que quer dizer que, no final de cada um dos produtos, em vez de colocar a embalagem no ecoponto, o indicado será guardá-la numa caixa de reutilização pessoal. Uma vez cheia, o consumidor deverá ir ao site da Loop e solicitar um motorista para que faça a recolha da mesma.

Ao contrário das embalagens tradicionais dos gelados da Haagen-Dazs, de plástico, estas são feitas em aço inoxidável.Loop

As embalagens serão, posteriormente, devolvidas para que uma empresa se encarregue da limpeza e esterilização das mesmas. Após este processo, cada uma das embalagens estará pronta para ser, novamente, carregada — seja com gelado, champô ou outro produto — e enviada para outros clientes. Cada uma das embalagens foi fabricada e concebida para ser capaz de servir um total de, pelo menos, uma centena de utilizações.

A Loop será lançada ainda este ano, na primavera, mas apenas nos Estados Unidos da América (EUA) e em França. Para já, Portugal não está na lista dos próximos países onde irá ser implementada a plataforma, embora a empresa esteja “à procura de expandir para novos mercados em breve”, diz Lauren Taylor, vice-presidente da TerraCycle, que desenvolveu a plataforma, ao ECO. “Para já não temos outras áreas definidas, além do Reino Unido, no final deste ano, e Tóquio e Toronto, no próximo ano”, acrescenta.

Para já não temos outras áreas definidas, além do Reino Unido, no final deste ano, e Tóquio e Toronto, no próximo ano.

Lauren Taylor

Vice-presidente da TerraCycle

Inicialmente, a TerraCycle, uma das parceiras do projeto, trabalhou com uma dúzia de empresas — entre elas a Nestlé, a PepsiCo e a Unilever — no sentido de desenvolver a plataforma. Atualmente, além das já referidas, a Loop tem já parcerias com marcas como, por exemplo, a Gillete, a The Body Shop, a Dove, a Axe, a Oral-B e a Tide.

Embalagem reutilizável dos produtos da marca Gillete.Loop

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

O que têm um champô e um gelado em comum? A embalagem da Loop, criada para reduzir o desperdício

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião