Chineses da HNA reforçam na TAP mas podem estar de saída

  • ECO
  • 18 Fevereiro 2019

Hainan Airlines tem agora 20% da Atlantic Gateway. Reforço na participação da TAP cumpre o acordo de 2017 com David Neeleman e Humberto Pedrosa.

Os chineses da HNA reforçaram a sua participação na TAP mas, escreve esta segunda-feira o Jornal de Negócios [acesso condicionado], podem estar de saída da transportadora aérea nacional. A Hainan Airlines detém agora 20% da Atlantic Gateway, cumprindo o acordo entre a empresa, David Neeleman e Humberto Pedrosa, assinado em 2017.

No entanto e, de acordo com o jornal, as dificuldades financeiras do grupo podem levar à saída dos chineses do capital da TAP, seguindo a tendência de venda de ativos para ultrapassarem a crise financeira em que se encontram.

A 10 de janeiro, os acionistas chineses da TAP desfizeram-se de mais um imóvel, desta vez uma torre em Manhattan, próxima da Trump Tower. O edifício foi vendido por mais de 400 milhões de dólares, de acordo cm o site Bisnow. A operação somou-se às muitas que o grupo tem vindo a fazer e que já totaliza mais de 20 mil milhões de dólares em desinvestimentos.

Comentários ({{ total }})

Chineses da HNA reforçam na TAP mas podem estar de saída

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião