Tech Dojo, o programa da Talkdesk para recrutar talento

  • Ricardo Vieira
  • 22 Abril 2019

O programa destina-se a recém-licenciados e mestres. Tem 50 vagas disponíveis para Lisboa, Porto e Coimbra.

A Talkdesk lançou a segunda edição do programa Tech Dojo da Talkdesk, com o objetivo de recrutar recém-graduados. Nesta iniciativa, os participantes têm a possibilidade de trabalhar diariamente com os engenheiros seniores da empresa e de complementar o conhecimento que adquiriram na universidade com o know-how tecnológico e os métodos agile do unicórnio português.

“O Tech Dojo é um programa que vai buscar talento diretamente às faculdades, dando aos jovens a oportunidade de integrar o projeto verdadeiramente global que é a Talkdesk. A ideia é proporcionar-lhes uma experiência de aprendizagem rápida e de exposição a diversas realidades técnicas dentro da empresa, com a expectativa de que venham depois a desenvolver as suas carreiras connosco”, explica Francisca Matos, Diretora de Talento da Talkdesk.

O Tech Dojo dirige-se a recém-licenciados e mestres nas áreas de engenharia informática, programação e data science, que vão aprofundar as competências em domínios como desenvolvimento de software, site reliability engineering, quality assurance, segurança e data.

Para esta edição de 2019, a Talkdesk tem 50 vagas disponíveis, distribuídas pelos escritórios de Lisboa, do Porto e de Coimbra.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Tech Dojo, o programa da Talkdesk para recrutar talento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião