Vendas a retalho em queda. Wall Street também

As vendas a retalho nos EUA caíram inesperadamente em abril, deixando mais um sinal pouco positivo sobre a maior economia do mundo. Wall Street está em terreno negativo.

As bolsas norte-americanas estão abaixo da linha de água, com os investidores a evidenciarem pouco apetite pelo risco devido aos números económicos pouco favoráveis nos EUA e na China, as duas maiores economias mundiais que mantêm um braço-de-ferro no domínio do comércio internacional.

Neste contexto, o S&P 500 perde 0,49% para 2.820,38 pontos. Também o tecnológico Nasdaq e o industrial Dow Jones estão a cair 0,67% e 0,52%, respetivamente.

Do lado americano, o Governo revelou que as vendas a retalho caíram inesperadamente em abril, perante uma quebra no mercado automóvel. Na China, além do surpreendente abrandamento nas vendas das retalhistas, as autoridades também mostraram uma desaceleração na produção industrial, dados que pressionam Pequim a tomar medidas a fim de promover o crescimento económico.

“As vendas a retalho nos EUA foram claramente desapontantes. Deixam implícito que o crescimento do emprego e dos salários não tem sido suficiente para impulsionar os gastos dos consumidores a um ritmo mais elevado”, explicou Scott Brown, economista da Raymond James, citado pela Reuters.

“Não estamos a olhar para números que apontem para uma recessão, mas são um alerta amarelo”, acrescentou o responsável.

O tema da guerra comercial continua na agenda dos investidores. Esta terça-feira, Donald Trump classificou-a como uma “pequena disputa” entre Washington e Pequim, tendo afirmado que iria falar com o Presidente chinês, Xi Jinping, na reunião do G20 que se realiza no Japão no final do mês. As palavras do Presidente americano aliviaram um pouco as tensões em Wall Street na sessão de ontem.

Comentários ({{ total }})

Vendas a retalho em queda. Wall Street também

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião