Dívida pública sobe para novo máximo. São 252,4 mil milhões

Aumento é explicado pelas emissões de novos títulos de dívida. Mesmo em termos líquidos, a dívida pública cresceu para os 229,9 mil milhões de euros.

A dívida pública portuguesa atingiu um novo máximo. Após a quarta subida mensal consecutiva, a dívida atingiu 252,4 mil milhões de euros em abril, o que representa um aumento de dois mil milhões de euros face ao final de março.

“Para este aumento contribuíram essencialmente as emissões de títulos de dívida“, segundo explicou o Banco de Portugal sobre os dados divulgados esta segunda-feira.

“Os ativos em depósitos das administrações públicas reduziram 0,3 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um aumento de 2,2 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 229,9 mil milhões de euros”, acrescentou o BdP.

O stock da dívida excedeu a barreira dos 250 mil milhões de euros em março, pela primeira vez desde novembro do ano passado. Após uma diminuição na dívida em termos nominais no último trimestre de 2018 (impulsionada pelo reembolso antecipado ao Fundo Monetário Internacional (FMI) da restante dívida contraída em 2011 no âmbito do resgate aos credores internacionais), a tendência tem sido de aumento desde o início deste ano.

Stock atinge novo máximo

Fonte: Banco de Portugal

Ao longo do ano, o Tesouro poderá emitir 15,4 mil milhões de euros em obrigações, valor a que acresce um impacto líquido esperado de 600 milhões vindos de bilhetes. A maior parte deste financiamento já está coberto pelo que o aumento da dívida poderá desacelerar.

Em simultâneo, o Governo prepara-se para aproveitar a queda dos juros para um mínimo histórico para começar a pagar antecipadamente parte do dinheiro que Portugal ainda deve ao Fundo de Resgate e aos parceiros europeus. No total, Portugal ainda deve a estes credores oficiais mais de 50 mil milhões de euros.

(Notícia atualizada às 11h30)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dívida pública sobe para novo máximo. São 252,4 mil milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião