Morais Leitão atribui Prémio Inovação pela primeira vez

  • ADVOCATUS
  • 18 Julho 2019

A vencedora foi Patrícia Carvalho, colaboradora e assistente da Morais Leitão, com um projeto de rotação internacional de advogados e colaboradores da sociedade.

A Morais Leitão atribuiu esta semana, pela primeira vez, o seu Prémio Inovação, um recém-inaugurado galardão interno da sociedade.

A vencedora foi Patrícia Carvalho, colaboradora e assistente da Morais Leitão, com um projeto de rotação internacional de advogados e colaboradores da sociedade, de modo a aprofundar a partilha de procedimentos dentro de uma rede que já conta com escritórios em três continentes.

O prémio consiste numa viagem à escolha da vencedora, com a condição única de englobar uma visita a qualquer uma das sociedades que integram a rede Morais Leitão Legal Circle – Portugal, Angola, Moçambique, Macau e Hong Kong.

Nesta primeira edição do Prémio Inovação da Morais Leitão foram apresentadas a concurso 30 ideias. O sucesso do projeto reflete a forma como todos os advogados e colaboradores vivem ativamente o crescimento da sociedade, com uma consciência atenta ao seu desenvolvimento, participando e integrando comentários, sugestões e críticas, sempre marcados por um forte espírito de iniciativa.

As propostas de Inês Magalhães Correia, José Maria Montenegro, Maria Rupia Lopes e Paula Lopes mereceram ainda a atribuição de menções honrosas, pela sua qualidade.

Este prémio é uma das iniciativas resultantes de um intenso diálogo interno em torno da inovação, que se tem caracterizado pela maneira alargada, inclusiva e participativa como decorre.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Morais Leitão atribui Prémio Inovação pela primeira vez

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião