ISCEM vai fechar em setembro. Universidade está a avisar alunos por carta

Inaugurada em 1990, a escola terá informado os alunos do encerramento por carta, já no próximo ano letivo. Um dos mais conhecidos alumni é o chef José Avillez.

O ISCEM – Instituto Superior de Comunicação Empresarial vai fechar antes do arranque do próximo ano letivo, confirmou o ECO junto da instituição de ensino. A escola, que fica no Príncipe Real, em Lisboa, terá enviado cartas aos alunos, informando-os do encerramento.

Contactada pelo ECO, a escola confirmou que os alunos estarão a receber as cartas mas que a secretaria da escola não tem acesso a esta informação. A direção da escola está, por enquanto, incontactável. No entanto, o Observador adianta que, num comunicado enviado ao corpo docente e discente, a diretora alega que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior aplicou “o encerramento compulsivo, imediato, não abrindo o ISCEM no próximo ano letivo 2019/2020, com previsão para o encerramento no final de setembro de 2019″, uma decisão tomada ao abrigo do regime jurídico das instituições de ensino superior, nomeadamente o artigo 153.º.

“Os diretores não chegaram e não estão disponíveis”, disse ao ECO fonte da instituição de ensino.

Os alunos da escola receberam nos últimos dias cartas, informando-os do encerramento da escola superior e adicionando que seriam reencaminhados para outras instituições com cursos idênticos. Ainda este domingo, adianta o Observador, o instituto terá enviado aos alunos um email, lamentando a notícia e referindo que o encerramento da instituição do ensino politécnico não depende do mesmo. “Lamento profundamente o sucedido ao ISCEM, totalmente alheio a minha vontade”, detalha Regina Moreira, membro da organização, no documento enviado aos estudantes e a que o Observador teve acesso. No email, Regina Campos Moreira esclarece que todos os alunos terão vaga garantida noutra instituição, como está previsto na lei, sugerindo como alternativas a Escola Superior de Comunicação Social, o ISCTE — Instituto Universitário de Lisboa e o Instituto Politécnico de Setúbal. No entanto, fonte oficial garante que a maioria será reencaminhada para o Politécnico de Lisboa.

Com mais de 25 anos de história, o ISCEM já formou mais de 10 mil alunos nos cursos de comunicação empresarial, gestão turística e evento culturais, gestão de marketing e marketing estratégico. Um dos mais conhecidos alumni da instituição é o chef português José Avillez, que lá estudou comunicação empresarial e marketing. Entre os professores do curso de comunicação empresarial estão nomes como o de Vítor Gonçalves (RTP), Flor Pedroso (RTP) e Carlos Magno (ex-ERC).

Contactada pelo ECO, Natália Teixeira, diretora do ISCEM, não fez comentários, remetendo para a “Entidade Instituidora” a confirmação da informação.

Notícia atualizada às 12h58 com mais informação.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

ISCEM vai fechar em setembro. Universidade está a avisar alunos por carta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião